26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

desdobramentos - 13/05/2024, 13:37 - Bruno Dias E João Grassi

Homens que espancaram torcedor do Vitória são da Bamor, afirma polícia

Arthur Gallas, comandante do Depom, relatou que os indivíduos capturados já participaram de outros casos criminosos

Arthur Gallas, diretor do Depom (Departamento de Polícia Metropolitana)
Arthur Gallas, diretor do Depom (Departamento de Polícia Metropolitana) |  Foto: João Grassi / Massa!

O diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), Arthur Gallas, afirmou que os cinco suspeitos presos na Operação "Clássico da Paz", no domingo (12) são membros da torcida organizada Bamor. Eles são investigados pela tentativa de homicídio contra um torcedor do Vitória de 26 anos, em abril. As informações foram detalhadas em entrevista coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (13).

De acordo com o Gallas, os criminosos detidos tiveram o histórico analisado e foi constatado que, além do espancamento ao rubro-negro, eles já se envolveram em diversos outros crimes, que acontecem de forma recorrente.

"Um deles, inclusive, responde a um homicídio no Tribunal do Júri e outros que foram identificados em vários fatos acontecidos em Salvador, notadamente nesse último ano, incluindo um atentado à bomba há mais ou menos dez dias contra um ônibus que estavam presentes alguns torcedores do Vitória e outras situações como disparos de armas de fogo contra torcedores na Suburbana e outras agressões no bairro da Barra", informou ele, em entrevista ao Portal MASSA!.

Leia mais:

Torcedor do Vitória acorda do coma 20 dias após ser agredido

"São animais", detona mãe de torcedor do Vitória em coma após agressão

Em coma após agressão, torcedor do Vitória dá sinais de consciência

Arthur relatou que os 'desalmados' caminham em bonde pela capital baiana, atrás de torcedores que estejam vestindo camisas do time rival, com o objetivo de cometer atos agressivos.

O rubro-negro Vanderley Leal de Jesus, de 26 anos, foi uma das vítimas desse grupo do mal. Ele foi brutalmente espancado com barras de ferro, no bairro de Pau da Lima, e segue internado no Hospital Geral do Estado (HGE).

Após os mandados de busca e apreensão, deflagrados na manhã de domingo (12), os homens detidos, assim como o material apreendido, serão apresentados a justiça. "Os elementos coletados serão apresentados à justiça, o material aprendido vai passar por perícia e nós esperamos que ao final a gente tenha elementos para apresentar ao juiz que possa inclusive deferir uma possível mandado de prisão contra esses indivíduos", finalizou Arthur Gallas.

exclamção leia também