28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

ABSURDO DAQUELES - 22/11/2023, 17:54 - Da Redação

Homem é preso após assassinar ex-namorada por rejeitar filho negro

A vítima, que estava grávida de sete meses, morreu no ano passado

A vítima, que estava grávida de sete meses, morreu no ano passado
A vítima, que estava grávida de sete meses, morreu no ano passado |  Foto: Polícia Civil do Amazonas/Divulgação

A relação de Victor de Souza Rocha e Karine Sevalho Lima, assim como vários casais, chegou ao fim antes do casamento. No entanto, durante a vivência juntos, os dois tiveram um fruto: um filho. Porém, o homem matou a ex-amada, que estava grávida de sete meses, no dia 26 de maio do ano passado.

Pouco menos de um ano e meio depois, o rapaz foi preso preventivamente na cidade de Manaus (AL), nesta terça-feira (21). A polícia analisa a possibilidade da morte ter sido originada pelo fato do assassinado não aceitar ter um filho negro. Ele tinha 21 anos de idade enquanto ela 19.

O corpo de Karine estava jogado em uma área de mata, situado no bairro Lagoa Azul, zona norte da capital alagoana. Rosto desfigurado, sinais de agressões e torturas, e marcas de perfurações foram flagrados no corpo.

Leia mais

“Quero transar com ele”, afirma professora demitida após pegar aluno

Assista: motoqueiros matam um e deixam quatro feridos em atentado

Lalau vai para o além após abrir fogo contra a polícia em Salvador

Tentativas

Ao saber da gravidez, Victor sugeriu e forçou Karine ao aborto, algo que não chegou a acontecer.

“No dia do crime, Karine teria ido ao encontro de Victor, para informar que sua família tinha conhecimento de que ele seria o genitor do bebê e afirmar que não iria realizar o aborto. As investigações apontam que, neste momento, eles tiveram um desentendimento em razão do autor não ter aceitado o posicionamento da vítima, o que o levou a tirar a vida da gestante”, garantiu o delegado Ricardo Cunha, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) da Polícia Civil do Amazonas.

exclamção leia também