31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Cenas fortes! - 18/08/2023, 13:22 - Vinicius Viana- Atualizado em 18/08/2023, 15:26

Fotos de blogueira morta em Periperi caem nas redes sociais

Yanca Lorrane foi executada a tiros dentro de casa por trio criminoso

Blogueira Yanca Lorrane é executada em Periperi
Blogueira Yanca Lorrane é executada em Periperi |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Fotos do cadáver da blogueira Yanca Lorrane, de 27 anos, executada a tiros nesta sexta-feira (18), em Salvador, estão circulando nas redes sociais e em grupos de mensagens no Whatsapp. Nas imagens, a criadora de conteúdo aparece ensanguentada, deitada em uma cama, com um lençol cobrindo parte do corpo.

Ao que tudo indica, Yanca Lorrane foi surpreendida pelo trio criminoso enquanto estava descansando em sua residência, localizada em Periperi, no subúrbio ferroviário da capital baiana. Em prints de uma suposta conversa da blogueira em um aplicativo de mensagens, ela parece fazendo ameaças, cobrando o pagamento de uma dívida no valor de R$ 5 mil até uma determinada data.

Blogger foi morta enquanto estava dormindo
Blogger foi morta enquanto estava dormindo | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Quem era Yanca Lorrane?

De acordo com informações de populares, enviadas com exclusividade para o Portal MASSA!, Yanca Lorrane teve uma infância humilde. No bairro, ela era conhecida por ser uma jovem que chamava atenção pela beleza, mas havia se envolvido com um dos maiores traficantes da região e acabou sendo presa por roubo.

Em agosto de 2019, a blogueira foi presa em Aracaju, em Sergipe, após participar de um assalto. Ela estava na companhia de mais quatro pessoas quando foi capturada por policiais militares. Dos quatro suspeitos que a acompanhavam no crime, dois deles, que eram irmãos, morreram durante uma troca de tiros com a PM.

Compartilhar foto de cadáver é crime

Compartilhar fotos de mortos em redes sociais é crime. constitui crime de vilipêndio a cadáver que, segundo o Código Penal Brasileiro, consiste em expor, profanar, desrespeitar ou ultrajar a vítima. Vilipêndio de cadáver tem pena de 1 a 3 anos de detenção e multa.

Veja também :Relembre casos chocantes de influencers assassinados na Bahia

exclamção leia também