25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Frieza - 08/09/2023, 07:04 - Vinicius Rebouças

Feminicida teria lavado moto e comprado cigarros após crime

Familiares acreditam em crime premeditado contra Josélia Bispo dos Santos

Josélia Dias Bispo dos Santos foi encontrada morta dentro de casa
Josélia Dias Bispo dos Santos foi encontrada morta dentro de casa |  Foto: Arquivo pessoal

Será enterrado nesta sexta-feira (8), o corpo de Josélia Dias Bispo dos Santos, de 23 anos, morta pelo ex-namorado a golpes de faca na casa em que morava, no bairro de Sussuarana, em Salvador. Segundo a irmã, Gisele, a cerimônia será feita com caixão fechado.

“Por causa da quantidade de dias que passou minha família nem poderá se despedir dela direito, mas ele [o autor do crime] vai pagar [...] Ela trabalha, sustentava a casa, ajudava minha mãe. E ele fez isso com minha irmã”, desabafou em entrevista ao Jornal da Manhã, da TV Bahia.

Josélia estava desaparecida desde a segunda-feira última, quando passou de responder mensagens de familiares. O corpo dela foi encontrado na quarta-feira. No mesmo dia, o suspeito do crime se apresentou na delegacia assumindo a autoria do crime.

Gisele disse ainda que o laudo médico apontou morte por perfuração cardíaca. Para ela, o assassinato da irmã foi premeditado. O assassino ainda teria deixado na casa, ainda sujas de sangue, as roupas usadas para cometer o crime.

“Foi tudo arquitetado. Antes ele comentou com umas pessoas: ‘vou matar e me sair dela’. [...] Eles se conheceram em uma festa de paredão. Moraram juntos em outros bairros, depois vieram morar juntos aqui [na Sussuarana]. Ele fazia transporte por moto. Depois do que fez, disseram que ele lavou a moto, comprou cigarro, trancou a casa e foi embora. E se já se apresentou na delegacia com advogado.”

Foram registrados nesse ano cerca de 4,6 mil ameaças de morte contra mulheres na capital baiana, destas, nove se concretizaram como feminicídio. Fazem parte dos mais de 40 feminicídios cometidos na Bahia em 2023, ano em que cerca de 90 tentativas desse crime foram computados.

exclamção leia também