32º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Tristeza - 29/08/2023, 15:30 - Anderson Orrico

“Efeito colateral”, revela delegada sobre mulheres mortas em chacina

Crime ocorreu em Mata de São João na segunda-feira (28)

Polícia Civil está em busca do quarto criminoso que participou do ataque
Polícia Civil está em busca do quarto criminoso que participou do ataque |  Foto: Anderson Orrico/Portal Massa!

Duas mulheres que foram mortas na chacina de Mata de São João, ocorrida na segunda-feira (28), foram mortas por terem ajudado o adolescente de 12 anos a se esconder na casa delas, é o que afirma a delegada Christiane Inocência Coelho. No crime, seis adultos e três crianças foram assassinadas a tiros e algumas tiveram os corpos carbonizados.

“Essas senhoras são verdadeiras mártires. Dentro dessa barbárie, talvez, considerando as crianças, tenham sido as vítimas periféricas de maior impacto porque a criança sobrevivente sai para pedir socorro e bate em algumas portas e essas duas senhoras foram quem abriram a porta da casa para socorrer essa criança, oportunidade que os executores perseguiram a criança, entraram no imóvel e mataram essas senhoras”, revelou a delegada.

Leia mais:

Polícia Civil afirma que motivo da chacina em Mata foi passional

Chacina de Mata: Dois vão para vala e um em cana

A Polícia Civil saiu em uma caçada aos assassinos e, em confronto, dois foram mortos e um sobreviveu, confessando o crime. De acordo com ele, o alvo era um homem conhecido como ‘Preá’, que era ex-namorado da atual namorada de um dos criminosos e foi morto por passionalidade. Os agentes da PC ainda estão em busca do quarto acusado de ter participado das execuções.

O adolescente que sobreviveu teve 50% do corpo queimado e está internado em estado grave no Hospital Geral do Estado. Ainda não há detalhes sobre o estado de saúde dele.

exclamção leia também