25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

COBRANÇA POR RESPOSTAS - 12/06/2024, 19:30 - Pedro Moraes

Caso taxista: enterro é marcado por lamentação e expectativa de prisão

Informações preliminares obtidas pelo Portal MASSA! apontam que João Rodrigues Barbosa decidiu se entregar à polícia

Enterro aconteceu na tarde desta quarta-feira (12), no Cemitério Municipal de Brotas, em Salvador
Enterro aconteceu na tarde desta quarta-feira (12), no Cemitério Municipal de Brotas, em Salvador |  Foto: Pedro Moraes/Portal MASSA!

De forma lamentável e em busca da justiça, os familiares e colegas de Reginaldo dos Santos se despediram do taxista no enterro realizado nesta quarta-feira (12), em Salvador. “O cara não fazia mal a ninguém”, “como um colega pode fazer isso com outro?”, entre outros questionamentos, foram ouvidos pelo Portal MASSA!, que marcou presença no Cemitério Municipal de Brotas, durante a tarde.

Em contato com familiares e colegas de farda do taxista, a reportagem tomou conhecimento de que, após o pedido de prisão preventiva ser aceito pela Justiça, o suspeito João Rodrigues Barbosa pretende se apresentar ainda nesta quarta-feira, ou até mesmo nas primeiras horas desta quinta-feira (13).

“A princípio, ele disse em um áudio enviado a um colega que o advogado orientou que ele fugisse para não ser preso em flagrante, mas parece que ele decidiu se entregar. Vamos ver agora aí, é aguardar”, relatou um familiar ao Portal MASSA!.

Ainda no enterro, os filhos da vítima estavam presentes e, sob forte comoção, se despediram do pai. A esposa Claudia Matos mostrou indignação e enfatizou que a morte do rapaz foi na base da covardia.


Leia mais

Filho de suspeito de esfaquear taxista havia tirado pai de enrascada

"Matou meu marido na covardia", dispara esposa de taxista esfaqueado

Irmão de taxista morto se revolta com suspeito: "É um assassino"


Assista a um momento do enterro:


"Matou meu esposo na covardia. Isso é um pedido de socorro. Queremos a Justiça para ter um pouco de tranquilidade no coração. Só peço a justiça de Deus e dos homens", suplicou Claudia Matos em entrevista ao Portal MASSA!.

Já o irmão dele, Renildo dos Santos, enfatizou que o suposto homicida é “um assassino”. Não sei como esse taxista tirou a vida do meu irmão. Não tô conseguindo ficar em pé. Peço a Deus que ele seja preso o mais breve possível. Ele não é mais taxista, é uma assassino", bradou Renildo, em entrevista à reportagem, nesta quarta-feira (12) no Cemitério Municipal de Brotas.

"Eu conheço ele, tem muito tempo na praça trabalhando como taxista. Não sabia que era uma pessoa violenta. Ele é pai de família, mas meu irmão não é mais, pois está no caixão", lamentou.


Polícia deu a ideia

O Portal MASSA! buscou atualizações da investigação do caso junto à Polícia Civil, mas até a publicação desta matéria, não obteve retorno.

No mesmo dia do caso, a corporação alegou que a 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico) confirmou a morte.

"Há indicativo de autoria e diligências estão sendo realizadas para localizar o suspeito, colega de profissão da vítima. As guias para remoção e perícia foram expedidas e oitivas de testemunhas serão realizadas para esclarecer a motivação do crime", detalhou um trecho da nota.

exclamção leia também