28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Feminicídio - 24/11/2023, 10:57 - Redação - Atualizado em 24/11/2023, 11:20

Caseiro teria abusado sexualmente de corretora morta em Lauro

Marileide Santos Silva foi encontrada enrolada em um tapete

Marileide Santos Silva, corretora de seguros morta aos 40 anos
Marileide Santos Silva, corretora de seguros morta aos 40 anos |  Foto: Reprodução/TV Bahia

Marileide Santos Silva, a corretora de seguros encontrada morta em setembro deste ano 'empacotada' em um tapete no bairro de Vilas do Atlântico, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, foi sexualmente violada. A informação é do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

Preso por suspeita de matar Marileide, o caseiro Anderson da Hora Santos tentou uma investida sexual contra a corretora, que reagiu. Os dois entraram em luta corporal e foi quando ele atingiu a vítima de 40 anos na cabeça, com um cabo de madeira.

Leia mais:

Família aponta caseiro como suspeito de matar mulher em Villas

Caseiro sanguinário vai em cana após corretora aparecer 'empacotada'

Depois das agressões, Anderson teria despido a vítima e abusado sexualmente dela. Ele foi encontrado desacordado no mesmo local e dia do homicídio, mas alegou ter apagado após ingerir um comprimido de paracetamol com codeína.

Ainda no local do crime, havia um instrumento agrícola com manchas de sangue humano. Este teria sido o cabo de madeira utilizado para tirar a vida de Marileide.

Ainda segundo o MP, foram coletadas amostras nas regiões anal e vaginal da vítima, tendo sido detectada a presença de sêmen nela. O caseiro nega todas as acusações.

exclamção leia também