27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Absurdo - 04/03/2023, 16:07 - Da Redação- Atualizado em 07/03/2023, 09:46

'Barão' de restaurante é acusado de ‘soltar piadinha’ pra jovens

O suspeito teria feito uma série de convites para os jovens

O suspeito teria feito uma série de convites para os jovens
O suspeito teria feito uma série de convites para os jovens |  Foto: VINICIUS LUBAMBO/DIVULGAÇÃO

O que era para ser momentos de lazer e descontração entre amigas, na realidade, se transformou em momentos tensos e desconfortantes.

Nesta sexta-feira (3), quatro meninas menores de idade, entre 15 e 17 anos, foram alvos de um homem que teria as assediado. É o que afirma a advogada e irmã de uma das adolescentes, Judith Cerqueira, em entrevista ao Portal Massa!

Segundo ela, o assediador foi um sócio do restaurante 33 Steak House, localizado no espaço gourmet do Salvador Shopping. O caso aconteceu por volta de 21h30 desta sexta,

Tudo aconteceu quando as meninas estavam sentadas conversando e o rapaz se aproximou. Entre conversas, ele aproveitou para convidá-las para tomar uns drinks, bem como para dançar em uma boate.

Aspas

"Ele insistiu muito, de uma forma brusca, para pegar os números delas, comentou que tinha um projeto de boate, que ia levar todas para dançar nessa boate. Teve um momento que ele falou que não tinha problema em gostar de meninas menores de idade, quando as meninas disseram que tinha menos de 18 anos’”, menciona a advogada.

No mesmo local, outros homens teriam sido ‘oferecidos’ para as meninas, ainda conforme a denunciante. O episódio somente acabou quando outra mulher sentou na mesa das vítimas para ajudar.

Aspas

“Ele ainda ficou na porta do restaurante, olhando para a mesa delas o tempo todo, muito provavelmente esperando elas saírem para poder fazer alguma coisa com elas”, acrescenta a advogada.

Leia Mais

Polícia encontra submetralhadora com suspeito em Conquista

Itinga: Mecânico é morto enquanto comia churrasquinho

Trio de assaltantes é preso com carro roubado pela Operação Apolo

“Elas querem tirar proveito”

O acusado, identificado como Pedro Miguel Oliveira, tem sociedade com o restaurante há mais de 18 anos. Questionado sobre o caso pelo Portal Massa!, ele mencionou que não cometeu o que seria um crime.

Aspas

“A conversa que tive com elas foi de amenidade, agora elas querem tirar proveito de tudo? Eu estou há 18 anos no restaurante e nunca tive isso. Falei como falo com todos os clientes lá, isso é má intenção das meninas Sobre a boate eu só informei que estávamos abrindo uma lá. Não tem nada haver essa história de dançar, nunca houve isso”, aponta o empresário.

Polícia tá no faro do acusado

Registrado na Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), o suposto assédio sexual já está sob comando da Polícia Civil da Bahia (PC-BA)

"A Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente investiga o assédio sofrido por três adolescentes na sexta-feira (3), em um shopping localizado na Av Tancredo Neves. As vítimas relataram que estavam em um restaurante quando foram abordadas pelo proprietário do estabelecimento oferecendo bebidas alcoólicas e convidando-as para passear. O homem já foi identificado e prestará esclarecimentos na unidade especializada”, comunicou a corporação.

Restaurante procurado

O restaurante 33 Steak House também foi contatado para saber mais informações sobre esta denúncia e, até o momento, não obteve retorno. Quando a resposta for enviada, a matéria será atualizada.

exclamção leia também