28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

PAU QUEBROU - 22/08/2023, 14:59 - Da Redação- Atualizado em 22/08/2023, 16:12

ASSISTA: Torcedoras organizadas do Baêa ‘descem a madeira’ em boleiras

As cenas de agressões foram registradas no Ba-Vi, realizado no último sábado, pelo Baianão Feminino

As cenas de agressões foram registradas no Ba-Vi, realizado no último sábado, pelo Baianão Feminino
As cenas de agressões foram registradas no Ba-Vi, realizado no último sábado, pelo Baianão Feminino |  Foto: Montagem Portal MASSA!

O Campeonato Baiano Feminino pegou fogo, no último sábado (19), com a realização do Ba-Vi. Dentro de campo, o Esquadrão de Aço venceu o Leão da Barra pelo placar de 3 a 1. Porém, fora das quatro linhas, nas arquibancadas, uma cena de violência deixou o clássico com marcas negativas.

Por meio de um vídeo divulgado nas redes sociais, é possível ver o momento em que torcedores de uma organizada do Bahia agride duas jogadoras de futebol. O registro ocorreu no Estádio Metropolitano de Pituaçu, localizado na cidade de Salvador (BA).

As jovens haviam ido a praça esportiva para assistir o confronto com amigas. As agressões ocorreram cerca de 10 minutos antes do início do jogo. Ao serem avistadas, elas foram brutalmente agredidas, além de recebido ordens para deixar o estádio.

Relatos

"Já foram socando, mandando sair e dizendo vários palavrões. Elas tentaram sair, mas as torcedoras estavam agredindo", comentou.

As vítimas, que preferiram não revelar as identidades, também sinalizaram que agentes da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) sugeriram que elas saíssem do estádio.

Leia Mais

Integrantes da Bamor espancam torcedor do Vitória em Sussuarana

Integrante da Bamor suspeito de agredir torcedor do Vitória é liberado

Quase lá: Vitória tem quase 88% de chance de acesso, segundo pesquisa

"Os policiais vieram para cima da gente, mandando a gente sair, como se a gente tivesse culpa. Que polícia é essa? Eles estavam ali para nos proteger e não fizeram nada", detalhou uma das atletas para a mãe.

Uma das violentadas atua por outro clube, que também disputou o Baianão e entrou em campo no último domingo (20). No mesmo dia das agressões, outra pessoa, um homem, foi atacado por torcedores presentes. Na ocasião, apenas torcida única era aceita no Estádio de Pituaçu, que tinha mando de campo tricolor.

A reportagem do Portal MASSA! entrou em contato com a Polícia Militar para saber mais detalhes dessa ocorrência. A entidade respondeu que não houve acionamento para qualquer ocorrência do tipo.

exclamção leia também