30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

SE SAIU DE PROBLEMA - 15/12/2023, 18:42 - Da Redação

Árbitro que teria dado pau em adolescente ‘se sai’ de acusação

A Arena Parque Santiago foi o palco da confusão entre árbitro e jogadores

A Arena Parque Santiago foi o palco da confusão entre árbitro e jogadores
A Arena Parque Santiago foi o palco da confusão entre árbitro e jogadores |  Foto: Divulgação

Acusado de bater em um adolescente dentro da Arena Parque Santiago, nesta quarta-feira (13), o árbitro Leonardo Ferreira negou que foi autor da situação contra o jovem. Segundo ele, a confusão ocorreu depois do término da partida. O jovem, que atua pelo sub-14 do Jacuipense, na verdade, teria se revoltado contra o profissional de arbitragem depois da derrota para o Bahia, pelo placar de 2 a 0.

"Não aconteceu nada de agressão. Após o término do jogo, o Bahia vencendo a partida por 2 a 0, os atletas do Jacuipense, já conformados com a derrota, saíram de campo. Teve um atleta que veio em minha direção me chamando de ladrão, [dizendo] que eu tinha roubado a favor do Bahia", explicou, em entrevista à TV Bahia.

"Ele veio para cima de mim, eu coloquei a mão para que ele não ultrapassasse a barreira de proteção e ele deu dois tapas na minha mão (...) Foi quando vieram os pais, comissão técnica do Jacuipense em minha direção, tentando agredir eu e meus companheiros que trabalhavam comigo lá. A equipe técnica do Bahia fez uma barreira de contenção, mas foi empurrada, não conseguiu conter os meninos", acrescentou Ferreira.

Leia mais

Arena Parque Santiago se posiciona sobre caso de adolescente agredido

Vídeo: troca de tiros na Arena Santiago acaba com 'baba' da galera

Garoto leva 'tapão' de árbitro, e baba em Brotas acaba com tiros


Ainda conforme o juiz, um dos pais dos atletas, que assistia a partida na arquibancada, ainda teria o agredido. Apenas quando um policial apareceu, ele foi salvo das agressões.

O que diz a Arena

Em nota enviada ao Portal MASSA!, o estabelecimento comercial alegou que “Após o incidente, o qual a APS repudia, foram adotadas as medidas necessárias e a polícia militar foi contatada de imediato, se fazendo presente em poucos instantes no local, solucionando a questão e garantindo a segurança de todos, sem maiores intercorrências.”

exclamção leia também