26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Interior baiano - 12/03/2024, 22:08 - Da Redação- Atualizado em 12/03/2024, 22:19

'Alma suja' recebe 30 anos na 'caixa dos peitos' após matar esposa

Condenado jogou líquido inflamável sobre a vítima e ateou fogo

Juíza determinou que o réu cumpra a pena em regime fechado
Juíza determinou que o réu cumpra a pena em regime fechado |  Foto: Freepik

A Justiça condenou Elton Ribeiro de Souza a 30 anos e 11 meses de prisão pelo feminicídio cometido contra sua companheira, ocorrido em dezembro de 2022, no município de Ourolândia, interior baiano.

Segundo a denúncia do Ministério Público, Elton ateou fogo no corpo da vítima, causando-lhe ferimentos que provocaram sua morte, no dia 5 de dezembro de 2022. Os promotores de Justiça Guilherme Abrante Cardoso de Moraes e Cintia Campos da Silva sustentaram a acusação durante o júri.

Leia também

Líder do Trem Mete Bala recebe 'caroços de azeitona' no interior

Onde está Maryana? Jovem entra em carro de aplicativo e desaparece

Coroa 'pega ar' com baba na rua e manda chumbo contra guri de 10 anos

A juíza Júlia Wanderley Lopes determinou que o réu cumpra a pena em regime fechado. A denúncia também relata que o casal mantinha um relacionamento de mais de três anos, marcado por violências física e psicológica.

No dia do crime, por volta das 16h, Elton agrediu a vítima com tapas e socos antes de despejar cinco litros de líquido inflamável sobre ela e atear fogo. O crime teria sido motivado por motivo fútil, pois o réu não aceitava o fim do relacionamento e não queria que a vítima retornasse para São Paulo, seu estado de origem.

exclamção leia também