25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Bancou o neutro - 10/01/2023, 15:32 - Cássio Moreira - Atualizado em 10/01/2023, 16:28

Zezé Di Camargo pula fora e nega ser bolsonarista: "Sou o Brasil"

Cantou apoiou abertamente tentativa de reeleição do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL)

Zezé corre da imagem de bolsonarista
Zezé corre da imagem de bolsonarista |  Foto: Reprodução/Instagram Zezé Di Camargo

Ícone do sertanejo no Brasil, o cantor Zezé Di Camargo pulou fora do barco e negou ser bolsonarista, em entrevista ao portal F5. Nas eleições, o artista declarou apoio formal ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

"Se estou em um avião, não vou torcer para que ele caia porque quero que o piloto se foda. É ignorância isso. Agora o Brasil tem um piloto novo, tenho que torcer por ele. Sempre tive opiniões políticas buscando o que seria o melhor, nunca pensando em usufruir de governo, ter favores de governo. Já cedi música de graça para campanhas políticas pensando em um país melhor. Cheguei à conclusão que não era o melhor para o Brasil e mudei de opinião", iniciou Zezé, que ainda completou.

"Não sou Bolsonaro, não sou Lula, sou Brasil. E aquilo que acho melhor eu vou torcer. Não sou de esquerda nem de direita, mas acho que Brasil tem que estar bem, independentemente de quem esteja no poder", finalizou.

Leia mais

Rui Costa quer fazer a limpa do bolsonarismo nas instituições do DF

Apesar do discurso, Zezé esteve em Brasília para declarar apoio formal ao então presidente, hoje ex, Jair Bolsonaro, no segundo turno contra Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Na época, além dele, outros nomes do sertanejo, como Gusttavo Lima e Leonardo, estiveram no encontro.

Recentemente, o cantor também polemizou ao homenagear em um show nos Estados Unidos o jornalista Allan dos Santos, bolsonarista considerado foragido.

exclamção leia também