29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Papo exclusivo! - 14/12/2023, 19:17 - Cássio Moreira

"Será um brilhante ministro", dispara Otto sobre Flávio Dino no STF

Senador fala sobre aprovação do novo ministro do STF

Senador fala sobre placar da votação
Senador fala sobre placar da votação |  Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino (PSB), teve o nome aprovado para uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF), em votação que ocorreu no Senado, na última quarta-feira (13). Em papo exclusivo com o Portal MASSA!, nesta quinta (14), o senador Otto Alencar (PSD) defendeu a escolha de Dino e afirmou esperar uma atuação "brilhante" na Corte.

Aspas

Eu tenho certeza de que ele será um brilhante ministro do Supremo Tribunal Federal

Otto não escondeu, entretanto, que esperava uma votação mais expressiva a favor de Dino. Ao todo, o agora futuro ministro do Supremo teve 47 votos favoráveis e 31 contrários, além de duas abstenções. A expectativa do senador, que apontou que o debate foi levado para o lado ideológico, era de 50 votos pela aprovação no plenário.

Leia mais

Confirmado! Flávio Dino será parceiro de Xandão no STF

"A votação de 47 votos contra 31 (contrários), a gente esperava em torno de 50 votos. Esse momento é um momento muito ainda de disputa política, parece que a eleição não acabou para a oposição. Dino foi juiz, deputado federal, governador, não tem uma denúncia no Ministério Público (MP), nenhum processo. Se levou para um campo ideológico, dizendo que ele era comunista, como se fosse um pecado ser de esquerda", disparou o senador, que continuou.

Aspas

Esse momento é um momento muito ainda de disputa política, parece que a eleição não acabou para a oposição

"Levaram para esse lado, quiseram criminalizar o fato de uma pessoa ter uma posição política de esquerda, o que eu acho de uma superficialidade, uma coisa bem fora do contexto do que estava sendo avaliado. Também para o lado religioso, disseram que ele não era cristão, e ele é católico de ir à igreja, conhece a bíblia completamente. Ele tem uma cultura geral muito boa. Se radicalizou", completou o parlamentar baiano.

"Brilhante ministro"

Otto Alencar ainda defendeu o saber jurídico de Dino, que foi juiz antes de seguir a vida política, e pontuou que levou o conhecimento em consideração quando precisou votar em Kassio Nunes Marques e André Mendonça, indicados pelo então presidente Jair Bolsonaro (PL).

"A votação dele (Dino) foi muito parecida com a do André Mendonça, que foi escolhido em um momento parecido pelo Bolsonaro, logo depois da pandemia, onde existia uma disputa política muito grande, mas o que interessa é que ele precisa de 41 votos e teve 47 votos. Vai tomar posse em fevereiro, e eu tenho certeza de que ele será um brilhante ministro do Supremo Tribunal Federal, porque é uma pessoa competente, capaz, cultura geral muito grande, conhecedor muito grande das letras jurídicas. Eu fui oposição por quatro anos, entrevistei o Kassio Nunes e votei a favor, como votei a favor também do André Mendonça, conversei bastante com eles. Não levei para o lado ideológico. Esses que levaram para o lado ideológico, é de um pensamento muito raso, superficial a respeito do tema", afirmou Otto.

Aspas

Eu fui oposição por quatro anos, entrevistei o Kassio Nunes e votei a favor, como votei a favor também do André Mendonça

"Esperava que ele tivesse 50 votos. Não vou procurar de maneira alguma quem foi que votou contra ou a favor", finalizou o senador.

exclamção leia também