27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Tudo certo! - 06/04/2024, 17:30 - Vinicius Portugal

PGR não pediu Bolsonaro no xilindró após ida a embaixada da Hungria

Segundo Paulo Gonet, não há indícios de uma tentativa de fuga de Bolsonaro

Bolsonaro fez visita a embaixada da Hungria
Bolsonaro fez visita a embaixada da Hungria |  Foto: Reprodução/ New York Times

A princípio, o ex-presidente Jair Bolsonaro não deve ser preso por conta de sua ida à embaixada da Hungria. Interlocutores do Procurador-Geral da República (PGR), Paulo Gonet, informaram que ele se manifestou contra a prisão em conversas com a CNN.

Gonet teria indicado que não há indícios de uma tentativa de fuga por parte de Bolsonaro ao visitar a embaixada, citando inclusive que o passaporte do ex-presidente continua apreendido com a Polícia Federal.

Relembre o caso:

O New York Times vazou algumas gravações de câmeras de segurança que mostravam Bolsonaro chegando na embaixada da Hungria, em Brasília, e fiando duas noites no local, em meio a tentativa de golpe no dia 8 de janeiro.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, deu 48 horas para o ex-presidente se manifestar sobre acusações de que ele poderia estar tentando uma fuga do país ou um pedido de asilo político. A resposta da defesa de Bolsonaro foi que era "ilógico" imaginar tal situação.

Vale ressaltar que Jair Bolsonaro não poderia ser preso em uma embaixada, pois legalmente estaria fora do alcance das autoridades brasileiras.

exclamção leia também