25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Derrotas acumuladas - 08/03/2024, 09:18 - Da Redação

Lava Jato toma ferro na Justiça e ministro anula 23 ações de Moro

Atos da antiga força-tarefa da Operação também foram anulados

Ministro Dias Toffoli, do STF
Ministro Dias Toffoli, do STF |  Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Com quase 10 anos de existência desde a deflagração, a Operação Lava Jato acumulou novas derrotas na Justiça esta semana. Segundo o blogueiro Guilherme Amado, do Metrópoles, entre terça (5) e quinta (7), todas as decisões do ex-juiz Sergio Moro foram anuladas.

A decisão foi do ministro Dias Toffoli, que também anulou ações da antiga força-tarefa da Lava Jato contra 23 alvos de investigações e processos sobre a operação.

O ex-governador Beto Richa (PSDB) foi um dos beneficiados com as decisões de Toffoli. O ministro considerou que houve nos casos manipulações, atuação ilegal e “conluio” entre Justiça e Ministério Público Federal (MPF). Richa era suspeito de corrupção.

Diversos investigados nos mesmos casos relacionados a Lava Jato passaram a fazer pedidos, todos 'crescendo o olho' após as determinações de Toffoli. O ministro despachar todas as petições e declarou “nulidade absoluta” de todos os atos de Moro e da antiga força-tarefa da Lava Jato contra os alvos das apurações.

Entre outros beneficiados com anulação das decisões de Sergio Moro e das investigações do MPF, estão a esposa de Richa, Fernanda Vieira Richa, e o filho do casal, André Vieira Richa. As ações a respeito deles foram trancadas por Dias Toffoli.

exclamção leia também