25º Salvador, Bahia
previsao diaria
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Boa iniciativa! - 18/11/2023, 14:02 - Da Redação

Governo libera entrada de garrafa de água em eventos a partir de hoje

Produção de espetáculos com exposição ao calor também deverão disponibilizar água gratuita nos locais

anúncio foi feito pelo ministro Flávio Dino que anunciou que a medida vale imediatamente
anúncio foi feito pelo ministro Flávio Dino que anunciou que a medida vale imediatamente |  Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, através da Secretaria do Consumidor, determinou neste sábado (18), a liberação, a partir de hoje, da entrada de garrafas de água de uso pessoal em eventos no Brasil.

“A partir de hoje, por determinação da Secretaria do Consumidor do Ministério da Justiça, será permitida a entrada de garrafas de água de uso pessoal, em material adequado, em espetáculos. E as empresas produtoras de espetáculos com alta exposição ao calor deverão disponibilizar água potável gratuita em “ilhas de hidratação” de fácil acesso. A medida vale imediatamente”, anunciou o ministro Flávio Dino, através de publicação no X, antigo Twitter.

Dino também detalhou que a portaria será editada em, no máximo, uma hora e que mais detalhes sobre ainda serão postados ainda neste sábado.

“A Secretaria Nacional do Consumidor tomará as providências cabíveis para a fiscalização, com a colaboração dos Estados e dos Municípios, bem como atuação da Polícia, se necessário”, ressaltou.

A medida ocorre após a morte de Ana Clara Benevides, de 23 anos, na noite de ontem, ao passar mal por conta do calor, enquanto estava na grade do estádio Engenhão, onde ocorreu o show da cantora Taylor Swift.

Ana Clara acabou desmaiando no local com o calor com sensação térmica de 60º. Segundo o enfermeiro Thiago Fernandes, amigo da jovem, ela chegou a ser reanimada no estádio por cerca de 40 minutos. No caminho do hospital, ela teve uma segunda parada e não resistiu.

A estudante de psicologia era natural de Sonora, no Mato Grosso do Sul. Ainda segundo o jornal, a causa da morte foi uma parada cardiorrespiratória.

“A Secretaria Nacional do Consumidor tomará as providências cabíveis para a fiscalização, com a colaboração dos Estados e dos Municípios, bem como atuação da Polícia, se necessário”, ressaltou.

A medida ocorre após a morte de Ana Clara Benevides, de 23 anos, na noite de ontem, ao passar mal por conta do calor, enquanto estava na grade do estádio Engenhão, onde ocorreu o show da cantora Taylor Swift.

Ana Clara acabou desmaiando no local com o calor com sensação térmica de 60º. Segundo o enfermeiro Thiago Fernandes, amigo da jovem, ela chegou a ser reanimada no estádio por cerca de 40 minutos. No caminho do hospital, ela teve uma segunda parada e não resistiu.

A estudante de psicologia era natural de Sonora, no Mato Grosso do Sul. Ainda segundo o jornal, a causa da morte foi uma parada cardiorrespiratória.

exclamção leia também