28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Por debaixo do pano - 23/08/2023, 08:35 - Anderson Orrico

Bolsonaro se reuniu secretamente com presidente da Petrobras em 2022

Encontro aconteceu dois dias antes da estatal divulgar redução de preço nas refinarias

Bolsonaro estava em pré-campanha à reeleição e reclamava do preço dos combustíveis
Bolsonaro estava em pré-campanha à reeleição e reclamava do preço dos combustíveis |  Foto: Alan Santos/PR

O ex-presida Jair Bolsonaro (PL) se reuniu secretamente com o então presidente da Petrobras, Caio Mário Paes de Andrade, dois dias antes da empresa divulgar uma baixa no preço da gasolina em 2022. O bate-papo não consta nas agendas públicas da Presidência e da estatal. As informações são de Guilherme Amado, do Metrópoles, que procurou Caio Andrade e ele negou que os preços foram discutidos com Bolsonaro.

De acordo com e-mails de ex-auxiliares do ex-presidente, a reunião aconteceu no dia 17 de julho de 2022, um domingo, entre 8h50 e 9h40, na piscina do Palácio da Alvorada.

Já no dia 19 de julho, a Petrobras anunciou a redução do valor da gasolina nas refinarias. O preço baixou R$ 0,20 por litro e foi a primeira vez que deu uma caída na gestão de Andrade, que assumiu o comando em 28 de junho. Caio foi o quinto presidente da estatal durante o governo anterior.

Na ocasião do encontro, Bolsonaro estava em pré-campanha como candidato à reeleição e reclamava do preço dos combustíveis, pressionando a Petrobras para não fazer novos reajustes. No dia 5 de maio, o ex-chefe do Executivo bradou, aos gritos, que o lucro da empresa era um “estupro”.

Depois que o preço diminuiu, Bolsonaro fez aquela festa através das redes sociais. “Brevemente o Brasil terá uma das ‘gasolina’ mais barata do mundo”, escreveu.

Bolsonaro foi lançado como candidato a presidência pelo PL no dia 24 daquele mês e, em seu discurso, falou sobre o preço dos combustíveis três vezes. Ele culpou a inflação pela alta nos valores e agradeceu ao presidente da Câmara, Arthur Lira, pela aprovação de “leis que vieram a abaixar o preço dos combustíveis”.

exclamção leia também