28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Combate à Dengue - 28/02/2024, 20:01 - Da Redação

Bahia adere ao Dia D de mobilização nacional contra a dengue

Informação é da secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana, que está em Brasília nesta quarta-feira (28)

Ministra Nísia Trindade (Saúde) anuncia detalhes do Dia D contra a Dengue durante assembleia do Conass
Ministra Nísia Trindade (Saúde) anuncia detalhes do Dia D contra a Dengue durante assembleia do Conass |  Foto: Reprodução / Ministério da Saúde

O estado da Bahia se junta ao Dia D de mobilização nacional contra a dengue, marcado para o próximo sábado (2). A informação é da secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana, que está em Brasília nesta quarta-feira (28) para uma reunião do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

A Bahia registra um aumento significativo de casos de dengue, com 16.771 casos prováveis até 24 de fevereiro de 2024, quase o dobro em comparação ao mesmo período do ano anterior. Atualmente, 64 cidades estão em estado de epidemia, com a região Sudoeste sendo a mais afetada. Além disso, foram confirmados cinco óbitos decorrentes da doença nas localidades de Ibiassucê, Jacaraci, Piripá e Irecê.

De acordo com a ministra da Saúde, Nísia Trindade, o cenário nacional é particularmente desafiador devido ao impacto das condições climáticas adversas e ao aumento exponencial dos casos de dengue, incluindo a circulação de novos sorotipos (2 e 3), que exigem uma atenção mais integrada.

Veja também:

Urgente! Espie agenda de Michelle Bolsonaro em Salvador

Governo da Bahia bota preço nos trens do VLT de Cuiabá; confira

Vice-presidente Geraldo Alckmin defende redução de impostos

Na avaliação de Roberta Santana, o momento é de unir esforços para conter o aumento do número de casos e evitar mortes. "O Governo do Estado está aberto ao diálogo e pronto para apoiar todos os municípios, contudo, cada ente tem que fazer a sua parte. As prefeituras precisam intensificar as ações de atenção primária e limpeza urbana, a fim de eliminar os criadouros, e fortalecer a mobilização da sociedade, antes de recorrer ao fumacê. A dependência excessiva do fumacê, como último recurso, pode revelar uma gestão reativa em vez de proativa no combate à doença", afirmou a secretária.

Drones

O combate à dengue na Bahia ganhou mais uma aliada: a tecnologia. O Governo do Estado deu início ao uso de drones como nova estratégia para identificar em áreas de difícil acesso focos do mosquito Aedes aegypti, vetor de transmissão de dengue, zika e chikungunya. As imagens capturadas pelos equipamentos são analisadas pelos agentes de endemias, que conseguem identificar locais com acúmulo de água parada e possíveis criadouros do mosquito, facilitando a ação das equipes e tornando o combate mais eficaz.

exclamção leia também