28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Incentivos! - 28/02/2024, 17:20 - Vinicius Portugal

Vice-presidente Geraldo Alckmin defende redução de impostos

A meta do governo Lula é zerar o déficit fiscal e melhorar o desempenho econômico

Vice-presidente defende medidas na tentativa de impulsionar economia
Vice-presidente defende medidas na tentativa de impulsionar economia |  Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

O vice-presidente do Brasil, Geraldo Alckmin, voltou a defender nesta quarta-feira (28) o programa do governo para redução de impostos, visando estimular a compra, pela indústria nacional, de máquinas.

A medida, denominada de “depreciação acelerada”, pretende realizar abatimento de impostos para indústrias que comprarem novas máquinas, tanto no Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRRPJ) quanto na Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). A missão é estimular as empresas a investirem em novos maquinários e com isso gerar uma maior produtividade.

"Você (empresário) vai investir em bens de capital, e você vai ganhar produtividade. Temos dois problemas na economia: baixo investimento, baixa produtividade. Você vai ao encontro dos dois. Melhorar investimento, melhorar produtividade. O que é a depreciação superacelerada? Substitua suas máquinas e equipamentos, eu diminuo imposto de renda da pessoa jurídica e diminuo a CSSL", afirmou Alckmin em entrevista a Miriam Leitão que irá ao ar nesta quarta-feira às 23h na GloboNews.

A ação deverá custar cerca de 1,7 bilhões de reais aos cofres públicos neste ano e a mesma cifra em 2025. O governo Lula tenta zerar o déficit fiscal e melhorar o desempenho econômico do país.

exclamção leia também