26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Mundo

Misericórdia - 11/06/2024, 18:20 - Da Redação

Filho de 'presida' é condenado por vacilo quando ele usava crack

Hunter Biden, herdeiro do presidente dos Estados Unidos, foi preso em 2018

Hunter Biden (direita) comprou arma em 2018
Hunter Biden (direita) comprou arma em 2018 |  Foto: Patrick Semansky/AFP

O filho do presidente dos Estados Unidos, Hunter Biden, foi preso por ter mentido em um formulário oficial no qual afirmou que não usava drogas ilícitas, para que pudesse comprar uma arma de fogo, no ano de 2018, quando adquiriu um revólver Colt.

No relatório, ele afirmou que não era viciado e não usava drogas. Porém, o Ministério Público alega se tratar de uma mentira, afirmando que em alguns trechos do livro de memórias de Hunter ele indica que não estava sóbrio naquele ano.

A defesa do filho do 'presida' argumenta que Hunter não usava drogas no ano de 2018, porém, os promotores insistem que ele mentiu conscientemente para obter a arma.

O julgamento ocorreu em Wilmington, Delaware, estado pelo qual Joe Biden foi senador durante décadas. Hunter Biden foi considerado culpado pelos crimes de:

1. Mentir para um vendedor de armas licenciado pelas autoridades federais.

2. Escrever uma mentira em um documento federal.

3. Comprar e possuir uma arma obtida ilegalmente.

Hunter pode ser sentenciado a até 25 anos de prisão e multas de US$ 750 mil (R$ 4 milhões). Porém, ele pode acabar recebendo uma punição mais leve, pois penas como essas raramente são aplicadas em ocasiões onde os indivíduos não possuem antecedentes criminais e que não usaram a arma em um crime.

exclamção leia também