27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Baila y baila - 07/12/2022, 15:12 - Pedro Moraes

Vini Jr sobre dancinhas: “Que a gente siga fazendo muitos bailes”

O atacante relatou que a Seleção Brasileira possui um repertório variado na manga

O atacante relatou que a Seleção Brasileira possui um repertório variado na manga
O atacante relatou que a Seleção Brasileira possui um repertório variado na manga |  Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Um dos grandes destaques da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Qatar, o atacante Vinicius Junior tem batido um bolão dentro e quase que fora do campo. Tanto ao jogar quanto ao comemorar os gols dele e dos companheiros de time, o ponta de lança tem assumido protagonismo.

Questionado sobre o recebimento de críticas acerca de seu comportamento, Vini Jr garantiu que ele e os companheiros vão permanecer bailando em Doha.

“O gol é o momento mais importante do futebol, onde não só nós ficamos muito felizes, como agora na Copa um país inteiro fica. Temos muitas comemorações para fazer ainda. Que a gente siga fazendo muitos bailes e jogando bem para chegar até a final nesse ritmo”, inicia o atacante.

Leia Mais

Tite faz treino fechado e Alex Sandro ainda é dúvida para sexta

Seleção Brasileira abrirá as quartas de final da Copa do Mundo

Bahia oficializa novo 'coach' na parceria com Grupo City

“A galera gosta de reclamar quando vê o outro feliz, e o brasileiro é sempre muito feliz, então vamos sempre afetar bastante. Que a gente possa seguir com a nossa alegria, porque tem muito mais gente por nós do que contra nós”, acrescenta.

Atuante em seu primeiro Mundial, Vinicius ‘Malvadeza’ recebeu o apadrinhamento de Neymar, camisa 10 do Brasil. Peça fundamental na liderança dos jovens, o jogador do Paris Saint-Germain conversou com o atleta do Real Madrid antes do começo do torneio.

“Ele me falou que a Copa do Mundo é diferente de qualquer outra competição. Agora estou vivendo, sei quanto a Copa é importante para o nosso país, para todos. Ele me falou isso e sempre levei comigo, não sabia o tamanho, mas quando tocou o hino vi a diferença que é jogar uma Copa pelo seu país. Ainda mais pelo Brasil, o país que tem mais títulos, que todos querem vencer. Eu fico feliz de estar aqui representando cada brasileiro, estar jogando com meu ídolo, com amigos que tenho aqui, e que essa união que temos possa nos levar para um lugar muito alto", relata Vini.

O Brasil volta a campo nesta sexta-feira, 9, às 12h (horário de Brasília), contra a Croácia. O jogo é válido pelas quartas de final da Copa do Mundo do Qatar 2022.

exclamção leia também