27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Pra cima deles! - 23/11/2022, 09:30 - Da Redação- Atualizado em 23/11/2022, 13:19

Tite vai de Vini Júnior e com um Brasil extremamente ofensivo

Técnico da Seleção Brasileira monta time com quatro atacantes e só um volante, com Paquetá no meio de campo

A Seleção Brasileira terá uma escalação inédita e super-ofensiva para a estreia na Copa do Mundo, nesta quinta-feira (24), contra a Sérvia, às 16h (da Bahia), no estádio Lusail. Tite optou por escalar Vinicius Júnior como titular na ponta esquerda do ataque e deslocar Lucas Paquetá para o meio de campo, ao lado de Casemiro. Assim, o volante Fred começará no banco de reservas.

A escalação contempla quatro atacantes, sendo que Neymar desempenha um papel de criação, tendo liberdade para recuar e ajudar a preparar as jogadas. Também vão a campo do duelo contra a Sérvia: Alisson, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos, Alex Sandro, Raphinha e Richarlison.

Fred se tornou reserva do Manchester United nessa temporada. Já Lucas Paquetá começou apenas duas partidas como segundo volante, sendo a última contra a Tunísia, em amistoso realizado em setembro. Na terceira rodada das Eliminatórias, em novembro de 2020, ele jogou na mesma posição no segundo tempo do desafio contra a Venezuela.

Leia mais:

Alemanha busca recomeço após eleminação traumática na Copa da Rússia

Croácia estreia em empate xoxo e sem gols com Marrocos

A formação com dois atacantes pelos lados foi usada nesse período em seis ocasiões, sendo que em cinco delas foram escalados Vini Junior e Raphinha. A exceção foi contra o Chile, quando Antony jogou. Nos treinos, Paquetá também atuou pelo centro, na mesma posição em que concorrem os meio-campistas Bruno Guimarães e Fred.

Nesta terça-feira, o técnico fechou o treino aos jornalistas. Já hoje, véspera da partida, apenas o aquecimento poderá ser visto e filmado. Antes desse último trabalho, o técnico Tite e o zagueiro Thiago Silva concederão entrevistas coletivas, às 9h30 (da Bahia).

Thiago, por sinal, foi o escolhido para ser o capitão da equipe neste confronto, no qual, aos 38 anos, ele vai se tornar o jogador mais velho a atuar pela Amarelinha numa Copa do Mundo – reserva, Daniel Alves, 39, vai lhe tomar o recorde, pertencente até aqui ao histórico lateral Djalma Santos, se entrar em campo.

Já Tite, além do dia de trabalho, buscou a espiritualidade ao ir a uma mesquita em Doha. Ele rezou por 10 minutos e depois retornou à concentração da Seleção.

exclamção leia também