30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

À procura do milagre! - 11/03/2024, 16:08 - Vinicius Portugal

Técnico do Barça crê em "feito histórico” contra o Vitória no Baianão

Betinho revelou que acredita em uma possível virada de sua equipe Barradão

Treinador ainda mantém esperanças em vaga para final do Baiano
Treinador ainda mantém esperanças em vaga para final do Baiano |  Foto: Reprodução/Barcelona de Ilhéus

O Barcelona de Ilhéus terá uma árdua missão para este próximo domingo (17), no Barradão. A equipe terá que reverter um placar de dois gols de diferença no Vitória, se quiser se classificar para a inédita final do Campeonato Baiano, após ser derrotado por 2 a 0 para o Leão, no estádio Mário Pessoa em Ilhéus.

Contudo, para o técnico Betinho a palavra impossível não existe no vocabulário da equipe, que vai com garra para fazer história em Salvador. “Assim que acabou o jogo no vestiário, eu falei para os jogadores que a partir de terça-feira, na nossa reapresentação só viesse treinar quem acreditasse que seria possível ir ao Barradão e fazer um feito histórico no cenário brasileiro. E é assim que vai ser essa semana, eu vou cobrar dentro do trabalho, então aqueles que estiverem ali, eles vão estar acreditando nessa possibilidade. Lógico que é um resultado difícil de acontecer, mas não é impossível porque o futebol já mostrou inúmeras situações como essa, de um time totalmente desacreditado ir e conseguir reverter e a semana vai ser trabalhada dessa maneira, a minha cobrança não vai mudar, pelo contrário, vai aumentar ainda mais, porque aqueles que forem para Salvador podem ter certeza que eles vão convictos que é possível reverter e fazer uma história muito bonita dentro do Barcelona e dentro do cenário nacional e até mundial”, revelou o comandante em entrevista ao Portal MASSA!.

A partida entre a Onça-pintada e o Leão também foi marcada por alguns lances bastante criticados por ambos os lados em questão à arbitragem. Do lado do time de Ilhéus ficou a bronca pela possível expulsão do volante Dudu, por dois cartões amarelos, após entrada violenta. Porém, no lance, o árbitro deu a falta sem apresentar a advertência.

“Eu não gosto normalmente de falar de arbitragem, né, porque eu acho que todo mundo tá passível de erro, então não adianta transferir a responsabilidade do resultado do jogo para arbitragem, mas tenho uma ressalva a fazer, porque com quatro minutos do segundo tempo, o Dudu, que já tinha o cartão amarelo faz duas faltas seguidas em menos de 10, 15 segundos ali, passível de segundo cartão amarelo e ele não é dado pelo árbitro, né. O Dudu logo depois que nós tomamos o gol, o Condé foi e tirou ele, né, para eliminar essa possibilidade”.

Betinho ainda ponderou e acabou concordando com algumas decisões da arbitragem. ”Em relação à nossa expulsão do Tauan, realmente ele faz uma falta para o cartão amarelo, como ele já tinha, ele foi expulso, então não vejo aí injustiça nenhuma, realmente merecia. Tauan foi imprudente, correu o risco desnecessário na minha opinião. Em relação ao VAR, questão de pênalti, não foi, foi falta, não foi, eu acho que no mais não teve nada. Única ressalva é que o Dudu poderia ter sido expulso com quatro, cinco minutos do segundo tempo, talvez poderia mudar todo o cenário do jogo”, concluiu o técnico do Barça.

exclamção leia também