22º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Negociando! - 18/05/2023, 15:28 - Dara Medeiros

Quer comprar? Grupo City discute futuro da Arena Fonte Nova

Investidores realizam uma audiência sobre o assunto

Grupo City demonstra interesse na Fonte Nova
Grupo City demonstra interesse na Fonte Nova |  Foto: Divulgação/ECB

Que o Grupo City tem observado a Arena Fonte Nova não é novidade, mas o futuro do estádio pode ser decidido em breve. De acordo com Davidson Magalhães, Secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), o City tem conversado sobre a aquisição da Fonte Nova e o CEO Ferran Soriano chegou a fazer uma audiência para discutir o assunto. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (18).

"O que houve foi uma audiência com o governador e o CEO do grupo City, ele mostrou interesse de discutir depois a Fonte Nova como um ativo estratégico para o grupo aqui no Brasil, especialmente aqui na Bahia, depois de adquirirem o Esporte Clube Bahia. Mas foi uma discussão inicial, são tratativas que claro que qualquer iniciativa dessa, como é um bem público em concessão qualquer tipo de ação dessa terá que ter exposição de uma concorrência pública. Então foi uma demonstração, uma intenção, mas que isso ainda não se materializou em proposta, iniciativas concretas”, revelou Davidson Magalhães.

O secretário ainda justificou a presença do Governo do Estado no diálogo com o grupo: “Do ponto de vista do futuro, é claro que não é característica do Governo do Estado fazer a gestão de uma arena multiuso, não deve ficar com o Governo do Estado. Por isso que está numa concessão hoje, não foi só na construção, mas o uso dele claro que tem mais a ver com a iniciativa privada, nós vamos avaliar durante o curso dos acontecimentos, porque como é um ambiente público, uma instituição pública, ela tem que ser alvo do processo de concorrência pública", explicou.

Apesar das chances do Grupo City comprarem a Arena Fonte Nova serem reais, Davidson falou que manter o estádio de Pituaçu como propriedade é muito importante. "Eu pessoalmente acho que o Estado não pode deixar de ter um centro esportivo do porte de Pituaçu, porque tem os times da segunda divisão, tem tem outras ações, tem sub-15, torneios. Nós não podemos pegar todas essas instituições e entregar ao poder privado. Porque aí também nós podemos com isso prejudicar o próprio futebol baiano, porque se isso fica na mão só de um clube isso também tende a dificultar o acesso dos outros e nós não podemos fazer isso. Acho que a Fonte Nova sim, mas Pituaçu deve ficar como até agora, isso foi uma iniciativa apresentada no passado, mas hoje não existe nenhum debate em relação a Pituaçu. E a manutenção de Pituaçu é uma manutenção muito menor do que a manutenção da Fonte Nova”, pontuou.

exclamção leia também