29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Desabafo - 07/08/2023, 06:22 - Da Redação

Paiva fica na bruxa após triunfo do Bahia: “Só olham o negativo”

Treinador tricolor mostrou chateação com a imprensa baiana e com a torcida e afirmou ser atacado com frequência

Paiva foi abraçado por jogadores
Paiva foi abraçado por jogadores |  Foto: Raphael Muller / Ag. A TARDE

O Bahia conquistou, na noite deste domingo (6), o quarto triunfo nesta edição do Campeonato Brasileiro ao vencer o América-MG por 3 a 1 na Arena Fonte Nova. O resultado positivo tirou um peso das costas do técnico Renato Paiva, que é alvo de protestos da torcida para sua saída do clube, mas que agora respira um pouco no cargo.

Em entrevista coletiva após a partida, o treinador português avaliou o desempenho do Bahia como bom e cutucou os críticos que, segundo ele, sempre procuram enxergar o lado negativo das atuações.

“Eu acho piada que quando o Bahia faz grandes exibições, mas não marca gols, o Bahia é ineficaz. Quando é o contrário, o Marcos faz defesas, o Bahia não sabe defender. Estão sempre buscando o negativo. Foi um muito bom jogo da minha equipe, como outros que fizemos em casa. Alguém vai perguntar da reação dos jogadores no meu segundo gol? Não? É normal ninguém perguntar porque os jogadores foram me abraçar. Só olham o negativo”, disse Paiva.

"Essa semana falaram do Vitor Hugo. Foi tanta mentira, que ou me contamino com isso e peço para ir embora, ou sigo meu trabalho. Temos uma ideia de jogo. O Bahia tem uma ideia de jogo muito clara. Às vezes não conseguem colocar em prática, porque existem os adversários. A nível nacional já recebi muitos elogios, mas aqui, ao invés de defender, me atacam. É uma pena", continuou.

Apesar dos protestos com faixa pedindo a saída do treinador, a torcida do Bahia compareceu em grande número na Fonte Nova. Foram mais de 34 mil pessoas que, mesmo com o time na zona de rebaixamento, foram apoiar o Tricolor nas arquibancadas.

“Quando a equipe está muito tempo sem ganhar, é normal que a torcida peça minha saída. O que tenho a dizer é que é muito bom ter 34 mil torcedores aqui mesmo com o time na zona de rebaixamento. Eles que continuem a pedir minha saída e a vaiar, desde que não façam aos jogadores. De fato, estando a equipe na zona de rebaixamento e ver o estádio desse jeito, é fantástico. Nossa torcida é fantástica”, afirmou o comandante.

Galo pela frente

O próximo desafio do Bahia é na manhã de domingo (13)contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte. O confronto é válido pela última rodada do primeiro turno do Brasileirão e tem bola rolando a partir das 11h.

exclamção leia também