30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Se explicou - 08/08/2023, 07:48 - João Grassi- Atualizado em 08/08/2023, 11:05

"Não está tudo errado", afirma Léo Condé após derrota do Vitória

Leão foi derrotado para o Londrina e perdeu invencibilidade de cinco jogos

Léo Condé no jogo do Vitória contra o Londrina
Léo Condé no jogo do Vitória contra o Londrina |  Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

O Vitória visitou o Londrina, nesta segunda-feira (7), e viu sua sequência de invencibilidade na Série B ser encerrada após cinco jogos. O técnico Léo Condé reconheceu que a atuação do time não foi boa, explicando alguns fatores que somados contribuíram para a derrota.

"A gente não tem como negar que fizemos um jogo bem abaixo. Foi um conjunto de situações que nos levaram à derrota. O campo não facilitou, alguns jogadores estavam num dia pouco inspirado e tivemos algumas oportunidades no início que poderiam ter mudado a história do jogo. Fomos dando espaços para o adversário, que aproveitou as chances. Tentamos mudar no intervalo, com mais cuidado na saída de bola. Faltou agredir a última linha defensiva deles. Não voltamos bem no segundo tempo, sofremos um gol que a gente tem sofrido pouco de bola parada. Quando começamos a ter mais controle do jogo, a gente sofreu mais um gol de bola parada que atrapalhou nosso poder de reação. Agora é reestruturar e trabalhar bastante para a próxima partida", detalhou Condé.

Apesar do revés e do desempenho muito ruim, Condé ressaltou que um jogo não pode definir toda a campanha construída pelo Leão até aqui. Ele afirma que é necessário ter calma e "tomar melhores decisões".

"Nesse momento temos que ter calma. Não podemos achar que está tudo errado. Assim como quando a gente ganhou e não achamos que estava tudo certo. Avaliar onde a gente pecou e acertou e fazer as correções. Estamos a três pontos do líder e três na frente do quinto colocado. A competição está embolada, e nos colocamos na briga pela parte de cima, muito em razão do que fizemos até aqui. Agora é avaliar com calma para tomar as melhores decisões. Aqui não tem omissão de ninguém, nem do treinador, nem dos atletas, nem da direção. Estamos nos mobilizando para fazer o melhor para que o Vitória mantenha o bom desempenho na competição", avaliou.

O treinador rubro-negro também falou do momento escolhido para fazer alterações na equipe, quando provavelmente eram os piores minutos do Vitória na partida. Contudo, o Leão sofreu do seu 'próprio veneno' e levou um gol de bola parada assim que Condé resolveu chamar os atletas para entrar em campo.

"A gente tem momentos que precisa mudar as peças e às vezes temos que mudar atitudes e posicionamento. Eu entendi que tínhamos que mudar o posicionamento. Infelizmente, não conseguimos bloquear uma jogada de bola parada que comprometeu tudo. A partir dali tivemos que buscar novas situações e partimos para as mudanças de peças", explicou.

O Vitória agora volta a campo no domingo, contra o Ceará, no domingo (13), às 18h. A partida será realizada no Barradão, válida pela 23ª rodada da Segundona.

exclamção leia também