30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

E agora, Mister? - 14/08/2023, 11:02 - Bruno Dias - Atualizado em 14/08/2023, 12:06

Mesmo na luta contra o Z-4, Paiva vê melhora no Baêa

"Uma coisa é certa: o elenco melhorou", afirma o treinador português durante coletiva pós-jogo

Renato Paiva durante entrevista coletiva do último domingo (13)
Renato Paiva durante entrevista coletiva do último domingo (13) |  Foto: Bruno Queiroz/ EC Bahia

Com a derrota sofrida pelo Bahia para Atlético-MG, por 1 a 0, no último domingo (13), o Tricolor fecha o primeiro turno da Série A na 'boca' do Z-4 em 16º da tabela com 18 pontos, mesma pontução do Santos, que abre a zona. Porém, o técnico Renato Paiva parece satisfeito com a situação, afirmando que o time está em processo de melhora.

"Uma coisa é certa: o elenco melhorou. Qualidade do treino melhorou, por causa da melhoria do elenco. As semanas largas de treino têm nos ajudado a ser mais equipe. Temos tido mais equipe, com muita mais ideia, mais compacta, do que éramos antes, por termos tempo para treinar. Mais uma semana larga para preparar a equipe. Acreditar nas questões ofensivas de volume que temos. Melhorar finalizações. Mas acaba por ser sempre assim", analisou o treinador português após entrevista coletiva pós-jogo.

Na primeira etapa do Campeonato Brasileiro, o Esquadrão somou apenas quatro triunfos e seis empates nos19 jogos disputados, ou seja, conquistou apenas 18 dos 57 pontos possíveis. Com mais um revés sofrido diante no Galo, o 'Mister' optou por realizar um discurso já 'manjado'.

"As equipes que mais atacam, normalmente, às vezes acabam por ser finalizadas num detalhe, num contra-ataque ou numa genialidade dos adversários...Continuar a trabalhar, aproveitar as semanas largas. A equipe está melhorando. Não venceu, mas está claramente melhorando", afirmou.

Um problema evidente da equipe comandada pelo português é a falta de eficiência na hora de definir o gol, tendo diversas situações de ataque porém sem conseguir balançar as redes. O técnico entente o problema e disse que é uma ocasião já constante durante as partidas. "Quero falar do jogo. Acho que é uma história que se repete. Somos superiores em todos os números, menos nos gols. Outra vez", acentuou.

"A equipe fez aqui um jogo de grande qualidade. Trinta minutos brilhantes, podíamos ter feito. Tivemos 15 finalizações, sete no gol. E não temos gol. Controlamos defensivamente, durante quase o jogo todo, praticamente tudo que era organização ofensiva com bola do adversário", acrescentou Paiva dizendo que novamente a sua equipe foi 'superior', porém, sem ser efetiva, teve um resultado considerado injusto.

O próximo confronto do Baêa está marcado para o domingo (20), às 16 horas, na Arena Fonte Nova, pela primeira partida do returno do Brasileirão Série A. O tricolor busca retomar forças diante da sua torcida para voltar a triunfar na competição e enfim recomeçar com o 'pé direito' para fugir da 'zona de perigo'.

exclamção leia também