26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Segue o sofrimento! - 13/08/2023, 13:03 - Jefferson Domingos- Atualizado em 13/08/2023, 13:27

Baêa leva 'bicada' do Galo e pode virar o turno dentro do Z-4

Tricolor desperdiça oportunidades no primeiro tempo e perde para o Atlético-MG; Paulinho foi o autor do gol solitário

Paulinho supera o goleiro Marcos Felipe para
Paulinho supera o goleiro Marcos Felipe para |  Foto: Pedro Souza / Atlético

O Bahia vai virar o turno do Brasileirão em situação delicada. O Tricolor foi derrotado pelo Atlético-MG na manhã deste domingo (13), no Mineirão, por 1 a 0. A equipe do técnico Renato Paiva até fez bom primeiro tempo, mas vacilou por não aproveitar as oportunidades que criou e acabou sendo punido: Paulinho fez o gol do triunfo do Galo, no início da segunda etapa. O duelo foi válido pela 19ª da Série A, a última do primeiro turno.

Com o revés, o Esquadrão segue com 18 pontos na 16ª posição, mas assombrado pela possibilidade de voltar à zona de rebaixamento. A equipe entrará no Z-4 caso Santos, primeiro na degola e também com 18 pontos, vença ou empate com o Fortaleza, nesta noite, no Castelão (CE).

Agora, o Tricolor vai em busca de um segundo turno mais digno para escapar da queda. A saga pela recuperação começa no próximo domingo (20), contra o Bragantino, na Arena Fonte Nova.

Já o Galo sobe para a 9ª colocação com 27 pontos, e vai encarar o Vasco, fora de casa, na estreia do returno.

Bom início

Animado pelo triunfo na rodada anterior, contra o América-MG, o Bahia pisou no Mineirão para buscar a vitória e foi melhor na primeira etapa. Rápido pelos lados, o Tricolor passou mais tempo no campo de ataque e criou boas oportunidades.

Em grande jogada pela direita, Gilberto foi à linha de fundo e cruzou para Cauly, que bateu para o gol. A bola desviou em Everaldo e passou muito perto da meta.

Contudo, o Esquadrão não estava tão bem assim na marcação. Pávon avançou pela esquerda, fez o quis com Gilberto e finalizou com perigo para fora.

Golpe duro

O Bahia voltou com a mesma proposta ofensiva para a etapa final e finalizou duas vezes com perigo, nas chegadas de Ademir e Everaldo. Mas enquanto o time de Paiva pecava pela falta de eficiência, o Galo foi letal na grande jogada de seus melhores jogadores. Aos três minutos, Hulk deu bela assistência para Paulinho, que passou pelas costas de Kanu e balançou a rede no Mineirão.

O Esquadrão tentou reagir rápido ao banho de água fria, mas novamente ficou no quase. Ademir fez fila na marcação e mandou uma bomba para o gol. Everson fez uma grande defesa, Thaciano pegou o rebote e bateu cruzado. A bola passou pela frente da meta e saiu pela linha de fundo. Everaldo ainda lamentou não ter chegado antes para botar pra dentro.

Em desvantagem, o Bahia seguiu se lançando à frente, e o Atlético ganhou ainda mais espaço para jogar. Em contra-ataque rápido, Pávon quase ampliou, mas a pelota passou rente a trave. Depois, Paulinho foi lançado novamente na cara do gol, mas Marcos Felipe fez boa defesa e salvou o Esquadrão.

Daí em diante, o Galo conseguiu cozinhar o jogo e não foi mais pressionado pelo Bahia. Ao Tricolor, resta aprender com os erros para melhorar no segundo turno.

FICHA
Atlético-MG 1x0 Bahia - 19ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG);
Gols: Paulinho, aos 3' minutos do 2ºT (CAM);
Cartões amarelos: Otávio e Pavon (CAM); Biel (BAH);
Arbitragem: Sávio Pereira Sampaio (Fifa);Assistentes: Bruno Boschilia (FIFA-PR) e Lehi Sousa Silva (DF).

Atlético-MG: Everson; Mariano, Maurício Lemos, Jemerson e Guilherme Arana; Otávio (Alan Franco), Battaglia (Edenilson) e Igor Gomes (Patrick); Paulinho (Réver), Pavon e Hulk. Técnico: Felipão.

Bahia: Marcos Felipe, Gilberto, Kanu, Vitor Hugo e Camilo Cándido; Rezende (Yago), Thaciano (Léo Cittadini) e Cauly; Ademir, Everaldo (Mingotti) e Rafael Ratão (Jacaré). Técnico: Renato Paiva.

exclamção leia também