31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

OTO PATAMAR - 08/09/2023, 16:03 - Da Redação

Liga Saudita bate top 2 de investidores no mercado da bola

Craques como Cristiano Ronaldo e Neymar reforçaram clubes da Liga Saudita

Craques como Cristiano Ronaldo e Neymar reforçaram clubes da Liga Saudita
Craques como Cristiano Ronaldo e Neymar reforçaram clubes da Liga Saudita |  Foto: Montagem Portal MASSA!//Reprodução/AlNassrFC_EN//Reprodução/Twitter @Alhilal_EN

O futebol da Arábia Saudita investiu pesado na janela de transferências recente. A Federação Internacional de Futebol (Fifa) divulgou, nesta sexta-feira (8), um relatório com os investimentos dos clubes mundiais. Como resultado, a liga saudita alcançou o top 2 de dinheiro desembolsado para contratações, atrás somente das agremiações da Premier League.

Craques como Karim Benzema e Neymar, além de atletas como Sadio Mané e Riyad Mahrez, são exemplos de atletas que optaram por receber salários astronômicos. Segundo o levantamento da Fifa, a Saudi Pro League englobou um gasto de 875,4 milhões de dólares (cerca de R$ 4,3 bilhões). As negociações referidas contemplam o período de 1º de junho a 1º de setembro de 2023.

O recente período de inscrição da liga da Arábia Saudita para novos jogadores chegou ao fim quinta-feira (7). Dessa maneira, as cifras investidas pelos clubes sauditas significaram um crescimento de 3100% em comparação aos valores gastos na mesma janela do ano passado.

Pegue a visão:

Leia Mais

De casa nova: Philippe Coutinho acerta com clube do Catar

Dirigente que deu 'beijão' em jogadora é denunciado pelo MP espanhol

Ceni receberá maior 'bolada' da carreira no Bahia, afirma jornalista


Os times do Campeonato Inglês, no entanto, foram superiores, já que emplacaram 1,9 bilhão de dólares (aproximadamente R$ 9,4 bilhões). A Ligue 1, a Bundesliga, a Serie A italiana, a La Liga, o Campeonato Português e o Campeonato Brasileiro são outros membros da lista dos maiores investimentos.

exclamção leia também