25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

O adeus final - 29/12/2022, 16:05 - Pedro Moraes - Atualizado em 29/12/2022, 18:38

Ídolo, Rei Pelé morre aos 82 anos em São Paulo

O ex-jogador de futebol estava internado desde o dia 29 de novembro, quando apresentou infecção respiratória

O ex-jogador de futebol estava internado desde o dia 29 de novembro, quando apresentou infecção respiratória
O ex-jogador de futebol estava internado desde o dia 29 de novembro, quando apresentou infecção respiratória |  Foto: Reprodução/Instagram @pele

Antes da virada do ano, uma das notícias mais tristes em escala mundial tomou conta dos brasieiros. Nesta quinta-feira, 29, o ex-jogador Pelé morreu vítima de um câncer no colón. Considerado o Rei do Futebol, ele estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 29 de novembro.

Com uma infecção respiratória diagnosticada durante este último mês, Pelé descobriu o câncer no segundo semestre do ano passado. Ele já esteve internado em outro momento, em dezembro de 2021 tal qual em janeiro deste ano, quando tratou da doença na mesma unidade de saúde.

Leia Mais

Pelé, Lula, guerra na Ucrânia - as previsões dos xamãs para 2023

Família de Pelé passa noite de Natal no hospital após piora do Rei

Informações sobre quando e como será o velório do Rei do Futebol ainda não foram reveladas oficialmente, assim como as homenagens e o sepultamento. Pelé deixa, além do legado mundial no esporte, sete filhos. São eles: Kelly Cristina, Edinho, Jennifer, Joshua, Celeste, Flávia Cristina e Sandra Regina, essas duas últimas não teve paternidade reconhecida.

Carreira

O legado passa muito pela frase o "atleta do século XX". Como constava na certidão de nascimento, Édson Arantes do Nascimento, o Pelé, nasceu no dia 23 de outubro de 1940, na cidade de Três Corações (MG). O gosto pelo futebol começou desde a infância, quando o filho de João Ramos do Nascimento e Celeste Arantes, 'pegava o baba' com uma bola de pano.

O apelido surgiu quando ele não conseguia pronunciar corretamente o apelido do goleiro José Lindo da Conceição Faustino, o Bilé, que jogava no Vasco de São Lourenço, clube mineiro, e era a inspiração do seu pai. Toda a família se mudou para a cidade de Bauru em 1944, no interior do estado.

Como falava algo semelhante a "Segura, Pilé", os amigos logo trataram de chamar o futuro ícone do futebol mundial de Pelé. O destaque mundial começou quando ele atuou pelo Clube Atlético de Bauru, no interior paulista. Daí foi chamado pelo jogador Waldemar de Brito para atuar no Santos Futebol Clube.

A primeira partida dele aconteceu em 1956, aos 16 anos. Na temporada seguinte, o craque conquistou a artilharia do Campeonato Paulista, com 36 tentos anotados. Além disso, ele levou o clube a faturar 10 títulos estaduais, bem como seis campeonatos paulistas, além de duas Copas Libertadores e dois Mundiais de Clubes, em 29162 e 1964.

Dono da Seleção

A primeira convocação de Pelé para uma Copa do Mundo aconteceu em 1958. Na ocasião, ele marcou o primeiro gol na partida diante do País de Gales, nas quartas de final, aos 17 anos, quando e tornou o atleta mais novo a marcar um tento em um Mundial. Somente naquela edição, ele faturou seis gols, e conquistou a artilharia do Brasil.

O auge na equipe aconteceu oito 12 anos depois. Pelé anotou quatro gols e conquistou o tricampeonato para o Brasil, após integrar as duas conquista anteriores.

Saúde

Os primeiros problemas na saúde de Pelé começaram a aparecer mais incisivamente em 2012. Ele precisou ser internado para fazer uma cirurgia de artroplastia total no quadril direito. Após cinco dias, o ex-craque do futebol mundial recebeu alta. No dia 14 de novembro, Pelé precisou ser internado por cálculos renais, ureterais e vesicais.

Depois da cirurgia, Pelé recebeu alta, porém voltou para tratar uma infecção urinária, dez dias depois. Nessa etapa, ele ficou no hospital pelos primeiros 15 dias de dezembro. Maio de 2015, ele fez um procedimento cirúrgico para ressecção transuretral da próstata.

Já em julho do mesmo ano, o Rei do Futebol foi submetido a um procedimento de cirurgia na coluna lombar para tratar da descompressão de raiz nervosa. A alta foi cinco dias depois. Em abril de 2019, a entrada no Hospital Albert Einstein foi par tratar da presença de cálculo no ureter.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, em 2016, Pelé garanti que foi vítima de um erro médico em sua primeira cirurgia feita no quadril em 2012, mas a unidade negou. No ano seguinte, o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) concluiu que não aconteceu erro médico no procedimento feito no ex-atleta e arquivou o processo.

Desde então, Pelé viveu com dificuldade na locomoção. Já no ida 30 de agosto de 2021, ele foi internado para realização de exames de rotina, quando foi diagnóstico um tumor no cólon direito, que integra o intestino grosso.

exclamção leia também