28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Justiça - 11/03/2024, 21:15 - Da Redação

Felipe Massa processa FIA, F1 e Ecclestone pra ser reconhecido campeão

Processos pedem uma indenização de pelo menos R$ 407,6 milhões

Massa e Hamilton disputaram o título em 2008
Massa e Hamilton disputaram o título em 2008 |  Foto: Mauricio Lima / AFP

O piloto de Fórmula 1, Felipe Massa, oficializou nesta segunda-feira (11) as ações contra a Federação Internacional do Automobilismo (FIA), A Formula One Management (FOM) e o ex-presidente da categoria, Bernie Ecclestone. Ele questiona o resultado do campeonato 2008 de F1, e especialmente, a não-anulação do GP de Singapura do mesmo ano.

O automobilista brasileiro estava aguardando a resposta de uma carta enviada por ele às entidades em agosto de 2023, necessária para oficializar o processo na Superior Corte de Justiça de Londres e reconhecer Massa como campeão do Mundial de Pilotos da Fórmula 1.

“Sempre disse que iria brigar até o final. Como a FIA e a FOM decidiram não fazer nada, buscaremos a correção desta injustiça histórica nos tribunais. O assunto agora está com os advogados e eles estão plenamente autorizados a fazer o que for necessário para que a justiça no esporte seja feita”, declarou o ex-F1 em nota enviada à imprensa.

Os processos correm na divisão de King’s Bench da Corte Superior de Londres, na Inglaterra, e pede uma indenização de pelo menos R$ 407,6 milhões, que pode aumentar para até R$ 960 milhões.

Veja também:

Adversário do Bahia surge 'grandão' no Gauchão e tem sequência invicta

A ação tem como base a declaração de Ecclestone ao site alemão F1 Insider, em março de 2023, que disse considerar Massa o campeão de 2008, em razão da batida deliberada de Nelsinho Piquet que prejudicou o compatriota no GP de Cingapura. O Singapuragate se refere à batida intencional de Piquet para favorecer a vitória de seu então colega da Renault, Fernando Alonso.

exclamção leia também