25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Fiel escudeiro - 15/03/2024, 12:42 - Bruno Dias E João Grassi- Atualizado em 15/03/2024, 14:50

Fábio Mota revela propostas por Léo Condé e desconversa sobre Ba-Vi

Treinador foi procurado por três grandes clubes brasileiros, mas preferiu seguir no Leão

Fábio Mota, presidente do Vitória
Fábio Mota, presidente do Vitória |  Foto: Bruno Dias/MASSA!

Durante a apresentação do meia Jean Mota, em um evento realizado numa loja oficial do clube, o presidente Fábio Mota confirmou, em entrevista nesta sexta-feira (15), a procura de outros times pelo técnico Léo Condé. De acordo com o dirigente, o Santos "chegou forte" para tentar tirar o treinador do Leão, enquanto Corinthians e Botafogo fizeram sondagens pelo profissional.

A investida dos cariocas foi a última dessas, também recusada pelo técnico. "Léo Condé é um treinador que chegou e que entregou os resultados ao clube, continua prestigiado e continua treinador do Vitória. Lógico que, sem sombra de dúvidas, a gente sabia que o trabalho dele iria chamar atenção. Logo, quando concluiu o campeonato, o Santos veio pesado para cima dele, deixar bem claro que ele ficou no Vitória para receber menos do que que receberia no Santos. Ficou pelo projeto, por me conhecer, por conhecer a diretoria, por conhecer os atletas e pela forma como a gente conduz o clube. No segundo momento houve sondagem, sim. Ele já tinha contrato e tem contrato com o Vitória até o fim do ano. Ele teve sondagem do Corinthians e agora do Botafogo", detalhou o mandatário.

Apesar do título da Série B e da temporada em 2024, Léo Condé não é unanimidade entre a torcida rubro-negra, que por vezes questiona seu estilo de jogo e decisões, mas Mota garante que esses críticos fazem parte da "minoria". "Eu acho que no futebol e tudo na vida, as críticas negativas sobressaem às positivas. Então, estou dizendo isso porque Léo Condé, com certeza absoluta, tem a grande maioria da torcida do lado dele, mas a minoria faz muito barulho, muita zoada e isso acaba repercutindo. Então, eu não sou partidário dessa tese de que ele recebe críticas da torcida do Vitória. Ele recebe críticas de uma minoria", cravou o dirigente.

Questionado sobre o próximo clássico Ba-Vi, na quarta-feira (20), pela 6ª rodada da Copa do Nordeste, Fábio Mota prefere ainda não pensar neste jogo e prega foco na semifinal do Campeonato Baiano. "Primeiro tem o jogo do Barcelona. Então, eu não vou falar do Ba-Vi antes do Barcelona. O Ba-Vi não chegou ainda. Existe uma ordem de prioridades, nós estamos todos focados no jogo de domingo. Precisamos muito do apoio da torcida do Vitória para esse jogo de domingo. Tem seis anos que o Vitória não chega na final do campeonato e precisamos sacramentar isso no domingo. Vencer, vencer bem e depois disso falar sobre o clássico", finalizou.

A partida de volta contra o Barcelona de Ilhéus acontece neste domingo (17), às 16h, no Barradão. O Vitória pode até perder por um gol de diferença que estará classificado para as finais do Baianão.

exclamção leia também