28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Confiante no Bahia - 09/08/2023, 15:09 - Santiago Oliveira - Atualizado em 09/08/2023, 15:33

Everaldo explica falta de gols e destaca apoio dos laterais no Bahia

Atacante projeta segundo turno do Brasileirão e despista sobre chegada de reforço para a posição

Everaldo em coletiva na Cidade Tricolor
Everaldo em coletiva na Cidade Tricolor |  Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Autor do primeiro gol do triunfo do Bahia diante do América-MG, pelo Campeonato Brasileiro, o centroavante Everaldo concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (9) e salientou o novo estilo de jogo apoiado pelas laterais do Tricolor, com as chegadas de Gilberto e Camilo Cándido. De certa forma, o jogador se justificou, no CT Evaristo de Macedo, quanto à falta de gols da equipe.

"Eu, na minha posição, sou muito cobrado por gols. Mas para fazer gols, a bola tem que chegar. E o que estava acontecendo é que a gente tinha um bom volume de jogo, bastante, inclusive contra o Corinthians, mas não teve tanta finalização ao gol. A gente percebeu a diferença, quem estava de fora também. Diferença desse jogo do fim de semana, que a gente chegou mais, definiu mais ao gol. Eu marquei um, mas poderia ter marcado mais também. O Cauly, Rafael, Ademir... a gente pesou mais a área. Isso faz muita diferença", explicou o camisa 9.

"Antes a gente tinha volume, mas não chegava com qualidade no arremate. Não conseguia finalizar muito. Esse jogo foi diferente, tive várias oportunidades, outros colegas também", completou.

Leia mais: Neymar e Verratti são dispensados do PSG, crava emissora

Confira: Ex-supervisor do Bahia confirma que clube deve voltar ao Fazendão

Veja também: 'De onda' com o PSG, Mbappé recusa nova proposta de renovação

Quando questionado sobre o pedido da torcida por um outro camisa 9' Everaldo desviou da pergunta e demonstrou desconforto com o assunto. "É uma coisa que foge do meu controle. Não posso controlar o que as pessoas falam ou pensam sobre um outro camisa 9. O que eu posso controlar é meu trabalho, minha dedicação", declarou o atacante.

De acordo com o jogador, apesar da dificuldade, o elenco é qualificado para vencer o Atlético-MG fora de casa, na próxima rodada do Campeonato Brasileiro. "Nós estávamos muito em busca desse triunfo, porque a tabela já dizia. A posição que nós estávamos. Ainda estamos, mas uma posição complicada, que não condiz com o grupo que não temos e com o trabalho que vem sendo feito. Agora, nos dá tranquilidade durante a semana para trabalhar. Sabendo que nós temos uma pedreira no domingo, que é o Atlético-MG fora de casa, difícil, mas temos totais condições de chegarmos lá e conquistar o triunfo", projetou.

exclamção leia também