31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Criticado - 01/04/2024, 08:02 - João Grassi

Entrevista de Ceni revolta tricolores nas redes: "Largou o título"

Técnico foi sincero ao dizer que o Esquadrão não vai apresentar o mesmo desempenho durante os 90 minutos dos jogos

Rogério Ceni durante coletiva
Rogério Ceni durante coletiva |  Foto: Tiago Caldas /EC Bahia

O Bahia não só perdeu mais um clássico para o Vitória, como também perdeu a chance de abrir boa vantagem para o rival na partida de ida das finais do Campeonato Baiano. O Tricolor chegou a fazer 2 a 0 em pleno Barradão, mas sofreu a virada.

Algumas substituições escolhidas por Rogério Ceni foram o principal assunto da entrevista coletiva após o Ba-Vi, que o próprio técnico afirmou não serem as ideais para a proposta de jogo. O comandante afirmou não ter um banco qualificado o suficiente para manter o mesmo nível de atuações até o apito final.

"Não temos as trocas necessárias para o modelo de jogo no meio-campo. Temos as trocas para o ataque. (...) Dentro do modelo de jogo que a gente construiu, muito bem treinado, futebol prazeroso de se ver, em determinado minuto, quando o cansaço bate, a gente sofre mais que o normal", justificou Ceni.

"Até o minutos 60 ou 70 do jogo que vem [volta na Arena Fonte Nova], pode ter certeza que nós vamos estar bem. E vamos sofrer novamente nos últimos 20 minutos", detalhou.

As falas do treinador revoltaram parte da torcida tricolor, especialmente quando ele citou que o Bahia só jogará bem até um determinado período das partidas, que é quando os titulares do meio-campo terão fôlego. Nas redes sociais, Ceni foi detonado pelas declarações.

"Olha o que o técnico do Bahia falou!", disse um torcedor. "Isso aqui diz mais sobre ele do que sobre o elenco. Não sabe lidar com a adversidade mínima", cobrou outro. "Essa entrevista de Ceni foi horrorosa", lamentou mais um.

Tricolores encararam o discurso de Rogério Ceni como de quem já sente "derrotado", mesmo tendo a mínima desvantagem no placar agregado. "Largou o título nessa entrevista", criticou um perfil ligado ao Esquadrão.

O foco do Bahia segue totalmente na decisão do Campeonato Baiano. O Tricolor se prepara para o jogo de volta no próximo domingo (6), às 16h, dessa vez na Arena Fonte Nova. Será necessário vencer por um ao menos um gol de diferença para forçar a disputa de pênaltis, ou, vencer por dois para ser campeão no tempo normal.

exclamção leia também