29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

É campeão - 01/03/2024, 12:19 - Clara Oliveira

Diniz analisa título da Recopa: "Vitória da humildade e coragem"

Técnico do Fluminense dedicou o momento para a torcida do tricolor carioca

Fluminense e LDU disputaram a Recopa Sul-Americana na noite desta quinta-feira (29)
Fluminense e LDU disputaram a Recopa Sul-Americana na noite desta quinta-feira (29) |  Foto: Lucas Merçon/FFC

O Fluminense exorcizou o fantasma da LDU ao ser campeão da Recopa Sul-Americana contra o time equatoriano por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (29), no Maracanã. O técnico do tricolor carioca, Fernando Diniz, dividiu o título com a torcida e definiu o momento como "vitória da humildade e coragem".

“Dividir com toda essa torcida linda, maravilhosa, essas três cores que traduzem tradição. Esse é o título é de vocês, que vocês continuem a nos acompanhar. Sou muito grato por tudo que vocês fizeram por mim, pela minha carreira e vocês vão estar sempre no meu coração”, disparou o técnico em coletiva após o jogo.

Leia Também:

Arias broca e Fluminense é campeão da Recopa Sul-Americana

Bahia abre vagas para sócio e torcida acampa em fila para se associar

Com traumas, Thiago Galhardo está treinando no Athletic

Para Fernando Diniz o título de campeão da Recopa é uma vitória que traduz humildade. “Eu acho que foi vitória sobretudo da humildade, da coragem e de não se acovardar. Eu acho que as pessoas que comentam desprezam muito quem joga na altitude. O Fluminense fez um grande jogo lá. Esse título começou lá, não foi aqui”, afirmou o comandante do Flu.

Fazendo uma análise sobre o jogo de ida, que terminou com o placar de 1 a 0 para a LDU, o treinador destacou que poucos times fazem o que o Fluminense fez jogando em Quito.

“Não teve bombardeiro do LDU. O jogo foi muito controlado. Para quem tiver a paciência de assistir e não falar coisas porque teve um monte de cruzamento. Os jogadores foram heróis lá. Dificilmente um time tem mais posse de bola que a LDU lá em Quito, e o Fluminense conseguiu ter posse de bola, quase 60% lá, que foi a nossa melhor forma de se defender”, analisou.

exclamção leia também