30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

justiça - 30/08/2023, 19:23 - Bruno Dias

Condenado por homicídio, ex lateral do Bahia tenta ser absolvido

Jogador foi condenado à prisão com regime aberto durante três anos e seis meses após homicídio em 2020

Lateral-direito tem passagem pelo Bahia
Lateral-direito tem passagem pelo Bahia |  Foto: Rafael Machaddo/EC Bahia

Após ser sentenciado por ter matado um casal de professores, por atropelamento, em 2020, no Rio de Janeiro, o lateral-direito, ex-Bahia, Marcinho, trabalha em conjunto com seus advogados para conseguir ser absolvido do caso, apresentando um recurso na justiça.

O jogador foi punido a permanecer preso com regime aberto durante três anos e seis meses, a sentença foi indicada em abril deste ano pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ). A defesa do atleta pretende inocentá-lo do caso, recorrendo à absorção, porém, caso não seja deferida, a diminuição da condenação se torna a opção viável.

O questionamento realizado pelos juristas do lateral é em questão da verdade dentre os depoimentos feitos pelas testemunhas sobre o caso, a qual, na ocasião, relataram que ele estava dirigindo bêbado e em alta velocidade. Além disso, outro ponto descordado é em relação ao relatório do acidente feito pela Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Leia mais

Uh é paredão! Baêa garante contratação definitiva de Marcos Felipe

Saiba qual é o rendimento do Baêa em gols na temporada 2023

Ídolo do Santos toma lapada da Justiça e tem 'ap' guelado

Como foi o caso

No fim do ano de 2020, em dezembro, Marcinho havia bebido bastante em um restaurante e ao sair do local dirigindo seu carro embriagado e em alta velocidade, beirando os 86km/h e 110km/h, atropelou um casal de professores, que acabaram falecendo. Após o acidente, o jogador fugiu do local sem prestar socorro.

Na ocasião, o lateral atuava pelo Botafogo e após isso ele colecionou passagens por Athletico Paranaense e Bahia. Recentemente teve seu vínculo firmado ao América-MG, porém a sua chegada foi alvo de muita crítica dos torcedores, que subiram uma hashtag nas redes sociais dizendo: “#MarcinhoNão”.

Contudo, os dirigentes do Coelho seguiram com as negociações, anunciado o jogador. Durante a apresentação, o presidente da SAF americana, Marcos Salum, defendeu o jogador recém-chegado, afirmando que "Todo mundo erra na vida".

exclamção leia também