31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Fórmula 1 - 23/08/2023, 16:35 - Da Redação

Chefe da Ferrari sobre F-1 em 2008: "Não sou fã de mudar o resultado"

Frederic Vasseur comanda equipe italiana atualmente na categoria

Resultado de Singapura poderia dar o título da temporada para Felipe Massa
Resultado de Singapura poderia dar o título da temporada para Felipe Massa |  Foto: Maurício Lima / AFP

Mesmo com Felipe Massa se movimentando para tentar rever o resultado da temporada de 2008, da Fórmula 1, o atual chefe de equipe da Ferrari, Frederic Vasseur, se posicionou contrário à mudança, mesmo que isso impactasse positivamente na escuderia italiana.

"De forma geral, não falando sobre Felipe, acho que também estamos tentando pressionar a FIA para saber o resultado daquele evento após a bandeira quadriculada. Eu não quero fazer muitos comentários, mas com certeza seria estranho. Não sou um grande fã de mudar o resultado de uma corrida 15 minutos depois da bandeirada", afirmou Vasseur.

Leia mais: Fla tem que se virar após ‘block’ do Timão com Neo Química

Confira: Tricolor inicia preparação para 'jogar água' no Fogão no Brasileirão

Veja também: Mingotti comemora gol marcado e promete mais exibições iguais no Baêa

O debate em torno de 2008 veio à tona novamente em março deste ano. Na ocasião, Bernie Ecclestone, ex-chefão da F-1, revelou que já tinha conhecimento das circunstâncias da batida de Nelson Piquet meses antes do caso se tornar público, em 2009.

De acordo com Ecclestone, ele e Max Mosley, então presidente da Federação Internacional do Automobilismo (FIA), queriam "proteger o esporte" de um escândalo, mas tinham "informações suficientes" para investigar o ocorrido e cancelar a corrida.

A corrida

Considerada uma das mais emocionantes dos últimos tempos, a temporada de 2008 foi marcada por uma disputa que durou até os momentos finais do GP do Brasil, último daquele ano, entre Felipe Massa e Lewis Hamilton.

Em Singapura, 15ª corrida da temporada, o britânico chegava com apenas um ponto a frente do brasileiro, mas, no treino classificatório, Massa conseguiu uma volta surpreendente e ficou com a pole position.

Na corrida, o paulistano se manteve na ponta quando, na 12ª volta, Fernando Alonso antecipou uma parada nos boxes e, duas voltas depois, Nelsinho Piquet bateu em um muro do circuito. O acidente fez com que todos os carros aproveitassem para parar também, enquanto o espanhol, que já havia feito o pitstop, assumisse a liderança.

Ao ir para os boxes, Massa ficou com a mangueira de abastecimento presa no carro e perdeu tempo, indo para na última posição. Após a bandeirada, Alonso venceu e Hamilton ficou em 3º, enquanto o brasileiro cruzou na 13ª posição. O resultado fez o britânico abrir sete pontos de vantagem.

Mesmo atrás na classificação, o último Grande Prêmio foi marcado por um fim de semana perfeito de Felipe Massa. Que fez a pole position, a volta mais rápida e ainda venceu com folga. No entanto, Hamilton passou Timo Glock na última volta, terminou a corrida em 5º e ficou apenas um ponto a frente do brasileiro, sendo campeão naquele ano.

exclamção leia também