29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Na bronca - 09/12/2022, 15:33 - Pedro Moraes

Casemiro lamenta perda de vaga que “estava na nossa mão”

O volante titular sob comando do técnico Tite se mostrou disponível para continuar na Seleção Brasileira

O volante titular sob comando do técnico Tite se mostrou disponível para continuar na Seleção Brasileira
O volante titular sob comando do técnico Tite se mostrou disponível para continuar na Seleção Brasileira |  Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Eliminados nos pênaltis para a Croácia, em duelo válido pelas quartas de final da Copa do Mundo do Qatar, os jogadores do Brasil saíram de campo decepcionados nesta sexta-feira, 9. Após o término do confronto, Casemiro relatou dificuldades para comentar sobre o momento.

Na concepção do volante titular, a Seleção se aproximou da classificação para a antepenúltima fase do Mundial, porém pecou no momento decisivo.

“Todas as derrotas são doloridas, principalmente quando você tem um objetivo, um sonho, tem um trabalho de quatro anos para esse momento. Porém, difícil encontrar palavras. Difícil encontrar momentos. É levantar a cabeça, vida que segue. Estamos tristes, todo mundo do grupo deu o melhor. A gente fica chateado, principalmente pela forma que foi. Estava na nossa mão, escapou ali. Momento difícil. Agora é ter tranquilidade, vida que tem que seguir, explica o camisa 5 do Canarinho.

Questionado sobre a sina do Brasil de sofrer para europeus em mata-mata em Mundiais. A última vitória aconteceu na decisão de 2022, diante da Alemanha. O volante relatou não ter associação com o continente dos adversários.

Leia Mais

Copa do mundo: Sem repertório, Brasil cai nos pênaltis para a Croácia

Olodum faz a festa no Pelourinho antes de jogo do Brasil

Argentina x Holanda terá duelo de gerações entre Messi e Gapko

“Normal. A Europa tem mais equipes na competição, então você joga mais vezes contra equipes europeias. Quando vai afunilando vão entrando mais equipes europeias. Mas acho que não tem isso de sempre equipes europeias. A gente vinha fazendo o trabalho, acreditava nele, com um bom ambiente, mas é coisa do futebol que acontece. É levantar a cabeça e vida que segue”, acrescenta.

Ainda assim, Casemiro, jogador do Manchester United, garantiu ainda continuar disponível para a Seleção Brasileira nos próximos anos.

“Tenho 30 anos, cara. Claro que sempre tem a garotada, mas eu tenho 30 anos, vivo meu melhor momento da carreira, estou muito feliz no clube que estou. Perdi uma oportunidade, mas precisamos ver, principalmente que um novo treinador irá entrar agora. Precisa ter o respeito. Momento difícil para falar, mas não temos que pensar nisso agora. É ter tranquilidade e cabeça”, finaliza.

exclamção leia também