28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Gostou do que viu - 13/03/2024, 08:03 - João Grassi - Atualizado em 13/03/2024, 09:52

Após vaga no sufoco, Ceni aprova atuação do Bahia: "Gols bonitos"

Treinador elogiou o desempenho do Tricolor no empate e classificação nos pênaltis contra o Caxias

Rogério Ceni durante a coletiva após o jogo contra o Caxias
Rogério Ceni durante a coletiva após o jogo contra o Caxias |  Foto: Tiago Caldas /EC Bahia

Foi no sufoco dos pênaltis, mas o Bahia segue cumprindo seus objetivos e avançou à 3ª fase da Copa do Brasil após eliminar o Caxias nesta terça-feira (12). O Tricolor vencia por 2 a 1 até a reta final da partida, mas acabou cedendo o empate. No entanto, o técnico Rogério Ceni foi seguro ao apontar os pontos positivos do time.

Para Ceni, o Bahia teve controle da partida e criou boas oportunidades, além de não ter cedido tantas ao Caxias. Ele aprovou o desempenho coletivo em entrevista coletiva depois do duelo no sul do país.

"Tirando aquele gol contra, eles tiveram uma única oportunidade de gol o jogo todo. Nós controlamos bem o jogo, fizemos gols. Se vocês analisarem cada gol são gols bonitos, construídos com toque de bola, como é característica de nosso time. Mas nós tivemos alguns bons contra-ataques para fazer o terceiro gol. E em um jogo de Copa do Brasil, se faz necessário fazer a vantagem de dois gols para matar o jogo. Eles tiveram méritos de defender o jogo todo e encontrar a chance de gol no final", iniciou Ceni.

De acordo com o treinador, a escalação do Bahia foi montada baseada nas características do adversário. Ele opinou que o placar de empate no tempo regulamentar não refletiu o que ocorreu durante o jogo

"Eu destaco muito mais o lado positivo. O meio de campo foi muito bem, acho que cansamos um pouco no final. Eu tentei escalar um time mais alto, com Rezende e Everaldo, porque eu sabia da qualidade da bola aérea, sabia que eles tentariam e teriam as melhores oportunidades assim. Cuesta iniciou a jogada do primeiro gol, Kanu iniciou a jogada do segundo. Passes decisivos. Acho que foi um bom jogo. O placar não reflete o que foi o jogo. E o sofrimento final acontece porque não tivemos calma para finalizar o jogo antes do segundo gol do Caxias", pontuou.

Principal contratação do Esquadrão para a temporada, Éverton Ribeiro foi apenas o sétimo jogador a bater pênalti. Ceni explicou o porquê de não colocar o meia entre os cinco primeiros batedores.

"O Everton, ontem, nos treinos, de pênaltis não foi tão bem. E quando eu falei da lista com todos ele passou calado. Eu acho que ele não estava tão confortável para bater. Mas confesso que, analisando com calma, poderia ter colocado ele entre os cinco primeiros. Em uma próxima oportunidade com certeza ele estará entre os cinco. O Yago bate bem, acho que é o primeiro que ele perde na carreira, de oito pênaltis. O Arias eu olhei muito, e ele tinha gols de pênalti. Bateu muito bem ontem, hoje infelizmente errou, faz parte. A classificação não é fácil para ninguém. Para o Vasco não foi, para o Cuiabá não foi, e outros já foram embora", disse o treinador.

Após uma longa maratona de jogos fora de casa, o Bahia agora terá uma sequência de três jogos na Arena Fonte Nova. O primeiro deles será contra o Jequié neste sábado (16), às 16h, pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Baiano.

exclamção leia também