28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Deu Esquadrão - 12/03/2024, 23:58 - Pedro Carreiro*- Atualizado em 13/03/2024, 01:19

No sufoco dos pênaltis, Bahia tira Caxias e avança na Copa do Brasil

Esquadrão garante vaga na 3ª fase do torneio nacional e mais de R$ 2 milhões

Cauly marcou um dos gols do time baiano no Rio Grande do Sul
Cauly marcou um dos gols do time baiano no Rio Grande do Sul |  Foto: Tiago Caldas / EC Bahia

Após levar gol no fim e empatar em 2 a 2 no tempo normal, o Bahia teve mais competência nas cobranças de pênalti e venceu o Caxias por 6 a 5, na noite desta terça-feira (12), no estádio Centenário, no Rio Grande do Sul, avançando à 3ª fase da Copa do Brasil. O Tricolor saiu atrás com gol contra de Caio Alexandre, conseguiu a virada com Cauly e Thaciano, mas cedeu empate nos minutos finais, em cabeçada de Robinho.

Diante da igualdade, a decisão da vaga foi para as penalidades máximas, onde a equipe baiana conseguiu a classificação, com Victor Cuesta convertendo o chute decisivo e Marcos Felipe defendendo duas cobranças, além de uma batida pra fora gaúcha.

O Bahia começou o jogo cochilando no Rio Grande do Sul e o Caxias largou na frente logo aos 4 minutos, com um gol contra de Caio Alexandre. Após Marcelo Ferreira cobrar escanteio na marca penal, a bola rebateu no peito no volante tricolor e foi morrer no fundo das redes.

Porém o Esquadrão não se abateu com o golpe e já partiu para cima em busca da reação. O time se instalou próximo da área de defesa adversária e aos 14 minutos chegou com perigo pela primeira vez. Depois de cruzamento, Everaldo ganhou disputa e rolou para Everton Ribeiro, que chegou batendo por cima do gol.

Pouco tempo depois, aos 18, o empate aconteceu após bela jogada de Victor Cuesta e Cauly. O xerifão achou ótimo passe entrelinhas para o camisa 8 do Esquadrão. Da entrada da grande área, o meia dominou e finalizou cruzado no canto direito do goleiro Fabian Volpi, para deixar tudo igual no marcador.

Após o empate, o Bahia seguiu soberano na partida e teve várias chances para chegar ao segundo gol. Primeiro foi com Jean Lucas, que cabeceou bom cruzamento de Arias em cima da marcação. Depois, Everaldo teve uma chance frontal, mas acabou chutando em cima do adversário.

A virada do Tricolor só veio na reta final da primeira etapa, aos 39 minutos. Everton Ribeiro achou ótimo passe de calcanhar para Everaldo. Na linha de fundo, o centroavante cruzou para Thaciano, que chutou forte de primeira para estufar as redes e colocar o Baêa na frente no placar.

Já na etapa final, o Esquadrão voltou numa rotação mais baixa. Embora tivesse mais a bola, o time não conseguia construir boas jogadas como fez no primeiro tempo. Além disso, o Caxias passou a rondar a área de defesa tricolor.

A equipe só foi voltar a ser perigosa aos 14 minutos, após grande contragolpe. Depois da zaga cortar o perigo lá atrás, a bola sobrou para Cauly, que arrancou e achou grande passe para Thaciano. O camisa 16 saiu de cara para o goleiro, mas chutou em cima do adversário e perdeu a melhor chance de 'matar' a partida.

Após esse lance, o jogo ficou amarrado e pouco aconteceu. O Bahia administrava o placar em “banho maria”, enquanto aguardava o apito final. Só que, quando tudo parecia decidido, aos 43 minutos, o Caxias chegou pela esquerda e Dudu Mandai cruzou para Robinho. O atacante subiu mais alto que todo mundo e testou para o fundo das redes, deixando tudo igual no placar e mandando a partida para a disputa de pênaltis.

Na marca da cal, depois das cinco primeiras cobranças para cada lado, as equipes ficaram empatadas em 3 a 3. O time gaúcho perdeu logo as duas primeiras, parando no goleiro Marcos Felipe, enquanto o Tricolor desperdiçou com Yago e Arias.

Nas alternadas, após duas cobranças convertidas dos dois times, o zagueiro Denilson, do Caxias, isolou. No pênalti seguinte, o xerifão Víctor Cuesta mandou para o fundo das redes, botando um ponto final nas cobranças, que terminou 6 a 5 para o Tricolor, garantindo a classificação da equipe para a 3ª fase da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
Caxias (5) 2x2 (6) Bahia
Copa do Brasil - 2ª fase
Local:
Centenário, em Caxias do Sul
Data: 12/03/2024 (terça-feira)
Horário: 21h30
Transmissão: SporTV e Premiere
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (FIFA-SP)
Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP)
Cartões amarelos: Marcelo Ferreira, Robinho, Vitor Feijão (Caxias) Marcos Felipe, Arias, Kanu, Rezende, Caio Alexandre, Everton Ribeiro, Jean Lucas (Bahia)
Gols: Caio Alexandre [contra], Robinho (Caxias) / Cauly, Thaciano (Bahia)

Caxias: Fabian Volpi; Marcelo, Denílson, Cézar Henrique e Dudu Mandai; Barba (Pedro Cuiabá), Elyeser (Álvaro) e Tomas Bastos (David Lustosa); Vitor Feijão, Emerson Martins (Robinho) e Gabriel Silva (Geílson).Técnico: Argel Fuchs.

Bahia: Marcos Felipe; Santi Arias, Kanu, Victor Cuesta e Rezende (Luciano Juba); Caio Alexandre (Yago Felipe), Jean Lucas, Everton Ribeiro e Cauly; Thaciano e Everaldo.. Técnico: Rogério Ceni.

*Sob a supervisão do editor Léo Santana

exclamção leia também