28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Absurdo! - 11/12/2023, 12:18 - Vinicius Viana- Atualizado em 11/12/2023, 12:37

Veja: Laís Santiago não é a 1ª influencer vítima de racismo no Chile

Júlio César, Erika Marques, Eliabe Pinheiro e Tiago Souza também foram vítimas de episódios preconceituosos fora do Brasil

Influencer baianos são vítimas de racismo fora do Brasil
Influencer baianos são vítimas de racismo fora do Brasil |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Laís Santiago não é a primeira influencer baiana a sofrer racismo no Chile. No domingo (10), ela compartilhou um vídeo no Instagram em que aparece chorando dentro de uma loja de shopping no Chile, após ser perseguida por seguranças quando estava deixando o estabelecimento.

Laís Santiago e o casal Júlio César e Erika Marques
Laís Santiago e o casal Júlio César e Erika Marques | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Em agosto deste ano, outro caso chamou a atenção dos internautas. O casal de influenciadores baianos Júlio César e Erika Marques também passou pela mesma situação em estabelecimentos comerciais no Chile. De maneira semelhante ao episódio com Laís Santiago, Júlio César e Erika Marques compartilharam com milhões de seguidores que foram perseguidos por seguranças enquanto faziam compras.

Racismo na Europa

Tiago Souza e Eliabe Pinheiro
Tiago Souza e Eliabe Pinheiro | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Os episódios de racismo envolvendo influenciadores baianos não param por aí. Eliabe Pinheiro, blogueiro e irmão do influencer Abner Pinheiro, compartilhou no Instagram que foi vítima de preconceito e racismo durante sua estadia na França, um país europeu. O humorista Tiago Souza, noivo da influencer Sheuba, também passou por um momento constrangedor ao ser abordado por policiais em uma das ruas francesas.

exclamção leia também