26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

momento difícil - 30/03/2024, 16:01 - Clara Oliveira- Atualizado em 30/03/2024, 17:13

"Saudades, filha", diz mãe de Isabella Nardoni nos 16 anos do crime

Ana Carolina de Oliveira compartilhou nas redes sociais uma homenagem para a criança

Isabella Nardoni morreu após ser jogada do 6° andar de um edifício em São Paulo
Isabella Nardoni morreu após ser jogada do 6° andar de um edifício em São Paulo |  Foto: Reprodução/Instagram

Ana Carolina de Oliveira, mãe de Isabella Nardoni, publicou uma homenagem para relembrar os 16 anos desde a morte da filha. Em relato emocionante compartilhado nas redes sociais, na sexta-feira (29), a matriarca da criança produziu um vídeo com imagens e gravações ao lado da filha.

“Filha, hoje completa 16 anos desde que você partiu. Parece que foi ontem, mas, ao mesmo tempo, parece uma eternidade. Lembro dos momentos simples que passamos juntas, as nossas risadas, as nossas brincadeiras, os nossos abraços bem apertadinhos, são esses momentos que eu guardo no meu coração”, iniciou Ana Carolina.

Com as fortes palavras e a dor ainda viva, a mãe de Isabella destacou que nunca irá se esquecer dos momentos que viveu ao lado da filha.

Leia Mais:

Vídeo: Kéfera mostra rebolado durante balada no Nordeste

Na 'Casa de Dete', Mapoua faz revelação bombástica sobre pistola 380

Gal Costa sofreu pressão pra anular testamento, diz parentada


“Quero agradecer muito minha filha por cada segundo que compartilhamos nessa vida. Você é luz, eu te amo, minha eterna menina. Você estará sempre, sempre no meu coração. Saudades, filha, te amo!. Passe o tempo que for, nunca será suficiente para eu esquecer tudo que vivemos juntas. Eu te amo muito, filha!”, finalizou Ana Carolina.

Assista:

Isabella Nardoni morreu no dia 29 de março de 2008, após ser jogada de uma janela do 6° andar do edifício London, em São Paulo. Com a queda, a criança, de apenas 5 anos, não suportou os ferimentos e morreu.

Alexandre Nardoni, pai de Isabella, e a madrasta dela, Ana Carolina Jatobá, foram condenados pelo crime por homicídio doloso qualificado.

exclamção leia também