26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Quebra pau! - 05/01/2023, 16:34 - Tabitha Gomes- Atualizado em 05/01/2023, 17:38

Após falta de vacina, mulher surta e quebra tudo no posto de saúde

O caso ocorreu em uma unidade de saúde na Fazenda Grande do Retiro

Mulher surta e quebra tudo em posto de saúde após falta de vacinas
Mulher surta e quebra tudo em posto de saúde após falta de vacinas |  Foto: Reprodução

Uma mulher surtou completamente após não encontrar vacina contra Covid-19 para os seus filhos. Com a cabeça quente, ela agrediu verbalmente funcionários da equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Pericles Laranjeiras, localizada no bairro da Fazenda Grande do Retiro, em Salvador.

Ocorrida na manhã da última quarta-feira (4), a situação teve inicio quando a mãe das crianças entrou na unidade, ao lado do marido, para realizar a vacinação dos seus filhos, ambos menores de 12 anos.

Segundo algumas testemunhas no local, as agressões começaram após a acusada ser comunicada que por conta da falta do imunizante e por determinação da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a vacinação do público de 5 a 11 anos estava suspensa na rede municipal. Com isso, a mulher partiu para cima dos funcionários da unidade de saúde.

"Antes o marido tinha entrado, foi vacinado e saiu pedindo as profissionais para ter cuidado com a esposa pois a mesma estava alterada", contou uma testemunha que viu toda a ação.

Muita gente presenciou o ocorrido, algumas pessoas que estavam no local disseram que as funcionárias pediram para o homem permanecer ali para que a mulher não continuasse com as agressões, mas o marido dela não teria conseguido contê-la diante de sua fúria.

A acusada fez ameaças de agressão física, xingou as pessoas da equipe e danificou o patrimônio do local, jogando computadores da unidade no chão.

Por meio de uma nota, a SMS afirmou que lamenta o episódio e deixou claro ainda que a vacinação para o público em questão está está temporariamente suspensa desde a última segunda-feira (2).

"A pasta aguarda repasse de novo lote do imunizante para retomar a estratégia na capital. O calendário será divulgado em momento oportuno no site da SMS e Prefeitura de Salvador", destacou o texto do comunicado, que também salientou o enquadramento da situação como um crime de desacato, previsto no artigo 331 do Código Penal.

exclamção leia também