28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Assista! - 17/06/2024, 14:35 - Da Redação

Ana Maria Braga revela o posicionamento dela sobre o PL do aborto

Projeto de lei tem dividido opiniões e virou polêmica em todo o Brasil

Ana Maria Braga é contra a mudança proposta pela PL
Ana Maria Braga é contra a mudança proposta pela PL |  Foto: Reprodução/TV Globo

Um dos assuntos que mais dividem opinião na atualidade, o Projeto de Lei 1904/24, conhecido popularmente como PL do aborto, tem repercutido e sido comentado entre anônimos e famosos. Nesta segunda-feira (17), o tema chegou até o programa 'Mais Você', da TV Globo, e a apresentadora Ana Maria Braga resolveu contar o posicionamento dela sobre o assunto.

Sem rodeios, Ana Maria Braga disse que é totalmente contra a mudança na lei e convocou os telespectadores que são a favor a pensarem de uma maneira diferente. "Onde já se viu fazer um negócio desses, onde a punição da vítima pode ser maior e é maior do que a punição do algoz, de quem fez o ato, de quem estuprou?", questionou.

Ela criticou o PL, apelou aos políticos que estão responsáveis pela votação para não aprovarem a mudança e pediu que as pessoas se colocassem no lugar das vítimas: "É fácil falar entregar o filho pra entregar o filho para a adoção, como eu escutei ontem 'entrega o filho pra adoção'. Agora eu queria saber se fosse filha de vocês aí que estão votando nesse projeto, se fosse alguém da sua família, sua prima, a sua irmã. E aí? Se sua mulher fosse estuprada? E aí, como ia fazer? Isso acontece todo dia".

Assista:

A apresentadora também falou das dificuldades enfrentadas no sistema público de saúde brasileiro para marcação de exames, o que acaba afetando também a realização do aborto de vítimas de estupro, de mulheres com risco de vida por causa da gravidez e de gestações com bebês anencéfalos, que são os três casos garantidos por lei, antes das 22 semanas.

"Não é fácil buscar caminhos, né? Toma tempo. Muitas vezes, no país que a gente vive, leva mais do que 22 semanas, porque você não acha UPA, você não acha quem faça, você não consegue achar o médico, você vai e não marca", declarou.

Leia mais:

PL do aborto: Senado irá debater sobre o tema nesta segunda-feira

Famosos dividem opiniões sobre PL do aborto; veja

Centrão recua e PL do aborto não deve ser aprovada

exclamção leia também