31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Sabendo Com Vini

O queridinho dos baianos! - 15/12/2023, 13:43 - Vinicius Viana

Número 1 na Bahia, Nadson reage após seresta desbancar pagodão baiano

Nadson, O Ferinha é o artista artista mais escutado na Bahia em 2023

Nadson, O Ferinha ficou conhecido com o hit "Cadê Seu Namorado Moça"
Nadson, O Ferinha ficou conhecido com o hit "Cadê Seu Namorado Moça" |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Com apenas 22 anos, Nadson, O Ferinha é o artista mais escutado na Bahia em 2023, conforme dados divulgados pela plataforma de streaming Spotify. Surpreendentemente, nenhum artista do pagode baiano apareceu entre os cinco mais escutados pelos baianos, fato que chamou atenção das redes sociais.

Em entrevista à coluna Sabendo Com Vini, do Portal MASSA!, o sergipano Nadson, O Ferinha, que ficou conhecido por emplacar "Cadê Seu Namorado Moça" na playlist de milhões de baianos, falou sobre sua reação ao saber que é o cantor mais escutado pelos baianos em 2023.

"Fiquei feliz demais! Amo a Bahia e o público baiano, que sempre nos recebe tão bem e com tanto carinho. Lá foi onde a mágica começou a acontecer, né?! A galera abraçou realmente o meu trabalho. O negócio foi tão forte que muita gente acredita que eu seja baiano, rsrsr. Mas o coração não deixa de ser. Sempre serei muito grato à Bahia", iniciou o artista.

A seresta superou o pagode baiano

Em seguida, Nadson O Ferinha declarou que ficou surpreso com o fato da seresta/arrocha superar o pagode, considerando que o pagodão atualmente é a principal marca musical do estado. "Surpreendeu demais! O pagode baiano sempre foi muito forte, uma marca registrada da Bahia e dos paredões, né?! Rsrs. Fiquei surpreso, mas muito feliz que a galera deu espaço e abraçou a seresta/arrocha dessa forma", comemorou.

Queridinho dos baianos

Por fim, Nadson O Ferinha revelou que ainda não assimilou o sucesso estrondoso que faz na vida dos baianos. "Sobre o sucesso, acho que eu mesmo nunca terei a dimensão, mas sou muito grato, primeiramente, a Deus, e depois ao público baiano que fez tudo acontecer. Sou muito feliz por, de alguma forma, poder fazer parte da vida e do dia a dia desse povo maravilhoso", completou.

exclamção leia também