23º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Sabendo Com Vini

Nem te conto! - 13/06/2024, 12:47 - Da Redação

Daniela Mercury opina sobre bafafá envolvendo Piovani e Neymar

Cantora ainda criticou um projeto de lei que pode punir a mulher severamente em caso de aborto

Neymar, Daniela Mercury e Luana Piovani
Neymar, Daniela Mercury e Luana Piovani |  Foto: Reprodução/Instagram @neymarjr / @danielamercury / @luapio

A cantora Daniela Mercury comentou sobre o bafafá entre Neymar e Luana Piovani, que agitou as redes sociais na última semana. Para quem não se lembra, a atriz revelou que o atacante apoiava a PEC 3/2022, que poderia abrir brecha para a privatização das praias no Brasil.

Analisando a mobilização nas redes sociais após a polêmica entre os famosos, Daniela Mercury afirmou que o episódio acabou conscientizando a população sobre política.

"Essa treta entre Neymar e a Luana foi até o Felipe Neto e disse assim: 'tá vendo aí os influencers fazendo a diferença'. Porque fizeram a população entender o que estava acontecendo. Eu sou totalmente contra as praias serem privatizadas. É óbvio que elas têm que ser do povo, da maioria da população e ter que ser administrada pela União", afirmou a cantora em entrevista ao Splash, do UOL.

Leia também

Emily e Victor Igoh fazem tatuagem com o nome da futura filha; entenda


Artistas da Bahia ganham o Prêmio da Música Brasileira; veja quem são

Em seguida, Daniela Mercury demonstrou revolta com um projeto de lei que equipara o aborto ao homicídio, mesmo em casos de estupro. Em tese, essa legislação poderia deixar a mulher presa por mais tempo do que o estuprador.

"Quer dizer os estupradores, pelo congresso, têm mais direito que as crianças e mulheres que são estupradas ou violentadas? A gente não pode deixar um congresso como esse, machista e desrespeitoso com direitos conquistados desde os anos 40, fazerem isso, questionando os direitos das mulheres. Numa democracia, quando as mulheres perdem direito, é porque a democracia tá enfraquecida", completou a cantora.

exclamção leia também