30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Defendeu! - 07/12/2023, 18:26 - Acácia Vieira- Atualizado em 07/12/2023, 18:55

"Sociedade doente": professora da UFBA sai em defesa de cantor gospel

Professora se envolveu essa semana na polêmica campanha com mão negra em Salvador e hoje (7) saiu em defesa do cantor gospel que foi atacado por crent

A professora da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e influenciadora digital Bárbara Carine, que causou na web após comentar um suposto episódio de racismo de uma campanha da marca Ypê, saiu em defesa do cantor gospel que foi criticado por crentes por sua vestimenta na praia nesta quinta-feira (7).

Em um comentário na publicação do Portal MASSA! nas redes sociais, Bárbara disse que "o problema tá nos estereótipos que criamos. Para muitos eles perder a santidade por isto. Algo comum dentro do pensamento conservador, discriminatório e preconceituoso. Que Deus te dê paz de espírito. Que todo esse comentário não reflita na sua existência. Sua essência não é dita por uma peça de roupa. E as pessoas não podem ser qualificadas por isto em lugar algum Triste ver como nossa sociedade está adoecida".

O cantor gospel é Gerson Rufino e viralizou nas redes sociais, nesta quinta-feira (7), após ficar furioso porque os crentes reclamaram da vestimenta do cantor que estava na praia durante o dia. No vídeo que circulou durante a manhã, Gerson manda o povo se lascar e cuidar da própria vida.

Ele também contou que está cansado de só ler críticas. Que tudo isso é muito feio e já passou dos limites.

Já a professora da UFBA ficou conhecida também nesta semana após criar uma polêmica sobre um suposto caso de racismo da campanha da marca Ypê. A escultura de mão negra segurando produto de limpeza estava instalada em uma das calçadas da Avenida Oceânica, no bairro da Ondina, mas foi retirada após a repercussão do vídeo de Bárbara.

exclamção leia também