29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

FATALIDADE - 31/03/2023, 14:53 - Pedro Moraes

Mulher morre ao ficar presa às ferragens de carro e carretas

O acidente aconteceu na BR-324, no trecho do bairro de Valéria

O acidente aconteceu na BR-324, no trecho do bairro de Valéria
O acidente aconteceu na BR-324, no trecho do bairro de Valéria |  Foto: Reprodução/TV Bahia

O risco da BR-324 causou mais uma vítima de motoristas desatenciosos. Dessa vez, uma mulher morreu, nesta quinta-feira (30), após a batida entre um carro e duas carretas, na altura do km 613 da BR-324, no trecho do bairro de Valéria, em Salvador. Ela já estava internada no Hospital do Subúrbio, na capital baiana. O caso, no entanto, ocorreu nesta quarta (29), sentido a cidade de Feira de Santana.

Identificada como Andrea Bahia, a vítima tinha 44 anos, e trabalhava no Tribunal Regional do Trabalho de Simões Filho, município situado na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Outra pessoa também ficou ferida devido a colisão entre os automóveis. Essa foi encaminhada ao Hospital do Subúrbio, porém já recebeu alta médica.

A princípio, a ViaBahia, concessionária responsável pela rodovia, alegou que os envolvidos informaram que o motorista da primeira carreta tinha recebido uma espécie de ‘fechada’ cometido por um outro veículo. Dessa forma, o condutor reduziu a velocidade, alertou o motorista do carro envolvido na batida, que também diminuiu o ritmo.

Leia Mais

Casal ferido após queda de elevador na Bahia é internado em SP

Ambulância tomba e deixa três feridos no sul da Bahia

Carro e moto colidem e uma pessoa morre em rodovia baiana

Por outro lado, o condutor da segunda carreta não conseguiu frear a tempo e ficou engavetado pelos os outros dois veículos. No mais, a motorista do carro e outra pessoa que estava no automóvel estiveram presas fixamente às ferragens.

Em seguida, elas foram resgatadas por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e transportadas ao hospital. Por fim, a pista foi interditada para a prestação de socorro e remoção dos veículos, situação que provocou um congestionamento de mais de 4 quilômetros.

exclamção leia também