28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

PEDIU ATENÇÃO - 14/03/2024, 17:42 - Bruno Dias e Pedro Moraes - Atualizado em 14/03/2024, 19:45

"Muito fogo", detalha morador após tragédia do acidente aéreo

Senhor, de 75 anos, também cobrou atenção das autoridades

Israel Borges viu a queda do avião de perto
Israel Borges viu a queda do avião de perto |  Foto: Rafaela Araújo/Ag. A TARDE

Moradores e trabalhadores da zona rural de São Sebastião do Passé, na Bahia, presenciaram o acidente de avião nesta quinta-feira (14). O piloto da aeronave, identificado como Jairo Souza, morreu no local. Natural da cidade de Caruaru, no estado de Pernambuco, ele estava sozinho dentro do veículo.

Israel Borges do Vale mora na localidade da Sereia há mais de 30 anos. Em entrevista ao Portal MASSA!, ele destacou que, no momento da explosão, foi visto muito fogo.

“Eu vinha descendo ali quando ele passou ali, fazendo um barulhão grande, e desceu de bico. Quando ele caiu, houve um grande estrondo, que gerou a explosão do avião com muito fogo. Um amigo dele disse que esse piloto é de alto gabarito, que está assustado e assombrado com isso”, comentou o senhor.


Leia mais

Legado familiar e paixão: conheça o piloto que morreu em acidente

Queda de avião: saiba mais detalhes do acidente no interior da Bahia

Vídeo captura momentos antes do avião cair em São Sebastião

Atenção das autoridades

Há cerca de 17 anos, um avião bimotor que transportava cerca de R$ 5,6 milhões, caiu no mesmo município. Israel também estava na oportunidade onde ainda mora hoje.

“[O outro acidente] foi muito dinheiro, eu ia passando lá onde o avião caiu, eu não vi cair, quando eu passei ele já tinha caído. Só o pessoal correndo, acho que estava apanhando dinheiro, que tinha muita grana, foi terrível”, comentou.

Confira:

Há cerca de 17 anos, um avião bimotor que transportava cerca de R$ 5,6 milhões
Há cerca de 17 anos, um avião bimotor que transportava cerca de R$ 5,6 milhões | Foto: Rafaela Araújo/Ag. A TARDE


Como forma de apelo, o morador, ainda, aproveitou o momento para cobrar atenção das autoridades com relação aos voos rasantes na região.

“O que mais preocupa a gente aqui na Sereia são esses voos rasantes que esses aviões dão por aqui. Aqui tem muita residência, tem outros aviões aqui de Seu Evaldo, que tem um mini aeroporto, onde o pessoal faz treino de pilotos. Isso aqui é uma área residencial, já pensou se esse avião cai em cima de uma residência dessa? Seria uma barbaridade para nós, eu que tenho filhos, parentes, é triste”, acrescentou o popular de 75 anos de idade.

exclamção leia também