29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Parada do Orgulho LGBTQIA+ - 10/09/2023, 18:41 - Santiago Oliveira

LGBT, negro e PCD: Psicólogo revela experiências nas Paradas

Adilton Santos explicou como faz para ultrapassar a barreira do preconceito e seu histórico de presenças nas Paradas do Brasil

Adilton Santos Santana, de 50 anos
Adilton Santos Santana, de 50 anos |  Foto: Vinicius Viana/ Portal Massa

Orgulhoso e consciente de seus direitos, Adilton Santos Santana, de 50 anos, cadeirante e LGBT, esteve presente neste domingo (10), na 20ª Parada do Orgulho LGBTQIA+ da Bahia, realizada no bairro do Campo Grande, em Salvador. O psicólogo explicou como faz para ultrapassar a barreira do preconceito e seu histórico de presenças nas Paradas do Brasil.

"Rompo a barreira estudando. Sou psicólogo, sociólogo e faço parte de movimentos sociais", contou Adilton, em bate-papo com o Portal MASSA!.

Leia mais:

Secretário fortalece luta durante Parada do Orgulho LGBTQIA+ da Bahia

Symmt Larrat vê Parada LGBTQIA+ de SSA como uma das mais importantes

Participante exalta look escolhido na Parada: "estou aqui abalando"

O sociólogo deu detalhes das dificuldades que enfrenta. "Primeiro por ser cadeirante, depois por ser LGBT. Porque negro, cadeirante e LGBT da periferia, não é fácil", desabafou.

Adilton Santos Santana, de 50 anos
Adilton Santos Santana, de 50 anos | Foto: Vinicius Viana/ Portal Massa
Adilton coleciona passagens em Paradas do Orgulho LGBTQIA+. De acordo com ele, sempre participou dos atos em todo o país. "Não só para esta Parada, mas para a de São Paulo, Rio de Janeiro e outras na Bahia. Participo sempre", relevou e continuou em seguida explicando como é a recepção das pessoas com ele durante os atos.

"Abraça e tem por obrigação, porque é o direito do ser humano ser o que quiser ser, independente da sua cor, relação ou condição social e física", finalizou Adilton Santos.

exclamção leia também